Chape negocia patrocínio máster com companhia aérea do Qatar

Daniel Fasolin

De Chapecó, em colaboração para o UOL

  • Sirli Freitas/Chapecoense

    Chapecoense negocia patrocínio com empresa Qatar Airways

    Chapecoense negocia patrocínio com empresa Qatar Airways

A Chapecoense pode definir nos próximos dias seu patrocinador máster para a temporada de 2017. O clube negocia apoio com a empresa aérea Qatar Airways, que substituiria a Caixa na parte nobre da camisa do time catarinense.

O contrato com a Caixa venceu em 31 de dezembro de 2016 e a renovação com o banco brasileiro é considerada incerta. Desta forma, a Chape já abriu conversas com outros interessados em ocupar o espaço.

As tratativas com a companhia aérea tiveram início na ida do presidente da Chapecoense, Plinio Arlindo De Nês Filho, ao Qatar em meados de janeiro. A viagem foi uma retribuição à visita realizada pelo xeque Hamad Bin Khalifa Bin Ahmed Al-Thani em dezembro de 2016.

O assunto é tratado com muito sigilo pela diretoria. As conversas com as duas empresas estão em andamento e nessa semana elas tendem a se intensificar.

Os valores de ambas as negociações não foram revelados por nenhuma das partes. A Chapecoense quer esgotar as tratativas com a Caixa, já que a empresa patrocina o clube desde 2014.

A expectativa, porém, é que um acerto com a companhia aérea do Qatar traga um aumento considerável nos valores de patrocínio. Na temporada passada, a Caixa pagou R$ 4 milhões pelo espaço na camisa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos