Corinthians prevê deficit de R$ 33 milhões na sede social e esporte amador

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

O Corinthians terá prejuízo com a sede social e os esportes amadores pelo sétimo ano seguido. Segundo a previsão orçamentária de 2017, o deficit nas áreas chegará a R$ 33,1 milhões. Tal situação é realidade no clube desde 2011.

O orçamento corintiano para 2017, porém, ainda não foi aprovado pelo Conselho Deliberativo do Corinthians. O processo está em andamento desde dezembro passado e foi mais uma vez adiado na noite da última terça-feira, sem data definida.

O documento aponta superavit de R$ 2,8 milhões nas contas gerais do clube. Para isso, o clube estima que terá R$ 39,1 milhões com a venda de jogadores - na conta, o total é de R$ 52,1 milhões, com desconto de R$ 13 milhões "dos custos apurados nos repasses". Sem isso, a previsão seria de deficit de R$ 36,2 milhões em 2017.

Nesse cenário, esportes aquáticos e terrestres, além da sede social, voltarão a ser os vilões. A previsão de deficit é de R$ 6,6 milhões, R$ 5,9 milhões e R$ 20,6 milhões, respectivamente. O total, dessa forma, chega a R$ 33,1 milhões.

No ano passado, o Corinthians registrou prejuízo de R$ 32,5 milhões nos três departamentos. Em 2015, as perdas chegaram a R$ 24,2 milhões. Na temporada seguinte, o maior deficit dos últimos sete anos: R$ 48,2 milhões.

A receita corintiana na sede social e nos esportes amadores foi de R$ 28,5 milhões. Mas, só as despesas com pessoal chegaram a R$ 29,1 milhões. Os gastos com "serviços a terceiros" foram de R$ 10,4 milhões, enquanto os "gerais e administrativos" marcaram R$ 16,1 milhões.

Para 2017, a previsão de gastos do clube social são as que mais prejudicam o resultado final do clube. Estima-se, por exemplo, despesas na ordem de R$ 44,5 milhões para uma receita de "apenas" R$ 28,6 milhões, O  Corinthians ainda gastará R$ 4,7 milhões com despesa financeira - ou pagamento de tarifas ou juros bancários.

Veja os resultados da sede social e esportes amadores nos últimos anos

Deficit
2008: R$ 1,2 milhão
2011: R$ 11,3 milhões
2012: R$ 5,4 milhões
2013: R$ 9,6 milhões
2014: 48,2 milhões
2015: 24,2 milhões
2016: R$ 32,5 milhões
 
Superavit
2009: R$ 1,7 milhão
2010: R$ 200 mil
 
Projeção 2017
Déficit de R$ 33,1 milhões

Jadson topa contrato de dois anos e fecha volta para o Corinthians

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos