PSG bate chineses e termina como clube que mais gastou na janela europeia

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Twitter

    Draxler chega ao PSG; alemãao ajudou o clube francês a ser líder de gastos na janela

    Draxler chega ao PSG; alemãao ajudou o clube francês a ser líder de gastos na janela

Você passou boa parte dos dois últimos meses lendo notícias sobre como os clubes chineses estavam atropelando no mercado, certo? Só que a janela de transferências europeias acabou e, acredite, não foi nenhuma nova potência asiática que despontou na lista de quem mais gastou. Tradicional investidor do mercado da bola, o PSG foi quem mais abriu a carteira segundo o site especializado Transfermarkt.

O clube francês, que tem como dono o xeque Nasser Al-Khelaifi, do Qatar, gastou 34 milhões de libras no alemão Julian Draxler, que veio do Wolfsburg, e 25,50 milhões de libras no português Gonçalo Guedes, do Benfica. Os dois estão na lista dos mais caros da janela de inverno, que é liderada por Oscar e ainda tem Gabriel Jesus e Dimitri Payet no top 5.

No total, 59,50 milhões de libras saíram dos cofres do PSG, que bate por pouco o Shanghai SIPG (56,95 milhões de libras) e o Tianjian Quanjian (41,23 milhões de libras), clubes que contrataram Oscar e Pato, respectivamente. A lista dos dez que mais gastaram na janela de inverno ainda tem outros dois chineses (Shanghai Shenhua e Changchun Yatai) e nenhuma das três maiores potências do continente, já que Real, Bayern e Barcelona permaneceram mais "quietos" neste meio de temporada.

A liderança do PSG, porém, pode não ser definitiva. Embora a janela de transferências da Europa tenha se encerrado na última terça, a chinesa segue aberta até 28 de fevereiro. Isso significa que os asiáticos ainda podem comprar e vender, mas não mais com os clubes europeus, que agora estão com seus elencos fechados até o fim da temporada.

Benfica é quem mais lucrou; Palmeiras é o terceiro

A negociação de Gonçalo Guedes com o PSG colocou o Benfica no topo da lista dos clubes que mais lucraram na janela europeia, com 40,97 milhões de libras entrando nos caixas portugueses. O Palmeiras aparece na terceira colocação graças, principalmente, à ida de Gabriel Jesus para o City.

Embora o negócio já tenha sido fechado no meio de 2016, o atacante conta como um reforço de inverno dos ingleses, que desembolsaram 27,20 milhões de libras (R$ 115 milhões na cotação da época). A questão é que a lista não leva em conta o fatiamento dos direitos econômicos que deixou o Palmeiras com "apenas" R$ 76 milhões, fazendo o clube cair um pouca nessa relação.

China perde para Inglaterra como país mais "gastão"

Se separadamente os clubes chineses perderam para o PSG, como um todo foram derrotados pelos ingleses. Também segundo o Transfermarkt, os asiáticos investiram 185,97 milhões de libras em 82 jogadores diferentes. A Inglaterra está um pouco à frente, com 197,24 milhões de libras. A diferença é que os clubes da terra da Rainha desembolsaram esse montante em apenas 31 atletas.

China entra no top 5 de contratações no futebol com gasto de R$ 1,4 bilhão

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos