Barça escala meio-campo sem prata da casa pela primeira vez em oito anos

  • Javier Soriano/AFP

    André Gomes, Mascherano e Rakitic são frutos de contratações do Barça

    André Gomes, Mascherano e Rakitic são frutos de contratações do Barça

Tão orgulhoso de suas categorias de base, o Barcelona tem aproveitado suas pratas da casa cada vez menos. Na última quarta-feira (1º), pela Copa do Rei, a equipe treinada por Luis Enrique foi escalada com três meio-campistas, porém nenhum deles provenientes de La Masía, o famoso centro de formação de talentos do clube catalão – fato inédito em 8 anos (ou 511 jogos), de acordo com o jornal "Marca".

Titulares costumeiros, Sergio Busquets e Andrés Iniesta estavam lesionados e não puderam enfrentar o Atlético de Madri. Sem os dois, Luis Enrique apostou no português André Gomes, no argentino Javier Mascherano e no croata Ivan Rakitic para organizar as ações da equipe no Vicente Calderón.

A última vez que uma situação destas ocorreu foi na temporada 2007/08, com dois brasileiros de nascença começando uma partida de Campeonato Espanhol pela equipe catalã. Edmilson, Deco e Yaya Toure foram os escolhidos pelo técnico Frank Rijkaard na partida, uma derrota fora de casa para o Mallorca por 3 a 2.

Na etapa complementar, no entanto, Luis Enrique promoveu a entrada de pelo menos uma cria da base do Barcelona. Trata-se do brasileiro Rafinha, criado em La Masía. Denis Suárez, com passagem pelo Barça B, mas passado no Manchester City e Celta de Vigo, também foi aproveitado pelo treinador no meio-campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos