Inter vê mudança de William e indícios de possível permanência

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    William dá indícios de que pode permanecer no Internacional, mas sem certeza

    William dá indícios de que pode permanecer no Internacional, mas sem certeza

O Internacional acha que William mudou. Com a janela de transferências para Alemanha fechada e o jogador permanecendo em Porto Alegre, a ideia do clube é tentar a renovação de contrato. E acredita que isso possa ocorrer. 

O 'caso William' se estende desde a apresentação do elenco. Após rejeitar proposta de renovação de contrato e manifestar intenção de atuar na Europa, o lateral direito de 21 anos foi sacado do elenco. Treina, atualmente, separado dos demais. Os parceiros são Anderson - também fora dos planos - e os lesionados Valdívia e Ariel. 
 
O problema é que a oferta do Wolfsburg, da Alemanha, não contemplou a pedida do clube. Os alemães propuseram-se a pagar 4 milhões de euros (R$ 13,4 milhões). O Colorado exigiu 6,5 milhões (R$ 21,9 milhões). E neste impasse não houve avanço. 
 
A janela para Alemanha se fechou e William permaneceu. Ainda com chance de se transferir para o mercado da Ucrânia, Rússia ou China, a ideia da direção, agora, é renovar o contrato. E tal situação condiciona um eventual retorno ao time principal. 
 
"A situação não se altera em nada. Nossa prioridade sempre foi renovar contrato com ele. Há o desejo dele de  saída, e nós condicionamos a saída a uma proposta razoável. Até o momento não chegou. A janela fechou para Alemanha e vamos aguardar. Não se altera em nada, nosso pensamento sobre isso sempre foi o mesmo. Para ser reintegrado, tem que renovar o contrato", disse o vice de futebol Roberto Melo. 
 
A questão contratual é um dos fatores que ditam a questão. Com vínculo até abril do ano que vem, William poderá assinar pré-contrato no meio do ano com qualquer equipe. Saindo, então, gratuitamente ao fim do vínculo. Sob este risco, o Colorado não quer o colocar para jogar. 
 
"Já apresentamos uma proposta, foi um dos primeiros atos da nossa gestão. É natural que possamos, talvez, retomar esta conversa. Ele pode repensar isso. No dia a dia já se vê que ele pode estar repensando algumas coisas. Vamos analisar nos próximos dias", completou o dirigente. 
 
Na terça-feira, sorrisos e uma animada conversa com membros do elenco principal e dirigentes mostraram um William diferente. Depois de treinar em 'seu grupo', o jogador foi até os colegas e diretores para uma animada conversa. Permaneceu por lá até o fim do treinamento. 
 
Campeão olímpico com a seleção brasileira, William é cria da base do Internacional e disputou 51 jogos e marcou um gol na temporada 2016. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos