Mourinho se diz perseguido pelos árbitros: 'regras são diferentes para mim'

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Mourinho crê que outros técnicos são protegidos pela arbitragem

    Mourinho crê que outros técnicos são protegidos pela arbitragem

José Mourinho se diz perseguidos pelos árbitros. O treinador do Manchester United listou as vezes em que foi advertido durante os jogos, considerando que a maioria das punições foi injusta.

O técnico português crê em que a Premier League é mais rigorosa com ele em comparações a outros treinadores, dizendo que Arsene Wenger e Jurgen Klopp são menos "cobrados" pelos juízes.

"Vocês sabem que sou diferente. As regras são diferentes para mim. Tudo é diferente", reclamou o técnico, em entrevista após empate do United contra o Hull City por 0 a 0.

Mourinho foi expulso em duas ocasiões na temporada: uma por ter chutado garrafa após uma decisão da arbitragem. A outra expulsão aconteceu após discussão com o árbitro.

"Tive que ver minha equipe jogar no hotel, pois me proibiram de ir ao estádio. Meu assistente ficou proibido de trabalhar em seis jogos. E na terça-feira o quarto árbitro disse para um treinador: 'Aprecio a sua paixão. Faça o que quiser'", denunciou.

"Hoje, me disseram para eu sentar ou então me mandariam para a arquibancada. Tudo é diferente".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos