Grama sintética da Arena do Atlético-PR tem certificação renovada pela Fifa

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em Curitiba (PR)

  • Divulgação/Clube Atlético Paranaense

Novidade para os grandes clubes brasileiros, a grama sintética da Arena da Baixada teve sua certificação renovada pela Fifa até março de 2018. A informação foi compartilhada pelo Atlético Paranaense nessa sexta-feira, em seu site oficial. O certificado Fifa Pro é considerado o mais alto nível de certificação de qualidade de campo dado pela entidade máxima do futebol mundial.  

No último Campeonato Brasileiro, o Atlético teve o melhor desempenho entre os mandantes, com apenas uma derrota (0 a 1 Palmeiras) e três empates em 19 jogos. Muito se comentou sobre a diferença para outros gramados no País e quanto isso poderia fazer a diferença para o clube rubro-negro.

O índice de aproveitamento de 84,2%, no entanto, foi muito próximo ao das melhores campanhas do clube no Brasileirão, como em 2013, 3º colocado com 77,2%, em 2004, vice-campeão com 76,8%, ou 2001, campeão com 81,25%. O Atlético foi também o time como melhor defesa no Brasileirão, -32 gols, ao lado do Palmeiras.

A grama sintética da Arena da Baixada tem 7cm de altura e um composto orgânico com cascas de coco, que dá uma aparência de barro ao estádio, para controlar a temperatura do campo.

A principal justificativa para a inovação foi a umidade da região da Arena da Baixada. Curitiba tem índice pluviométrico anual de 1400 mm e, embaixo do estádio, corre um Rio Água Verde, canalizado. Além disso, o Atlético pretende que a Arena receba outros eventos, como shows, o UFC e jogos de vôlei, como na Liga Mundial a ser realizada esse ano no estádio.

No final de 2016, uma comitiva do Palmeiras esteve visitando o estádio para estudar a possibilidade de implementar o mesmo modelo de grama na Arena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos