Santos fala sobre Pelé pagar camarote: "Pode nos procurar que será isento"

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

A mágoa de Pelé com o Santos por ainda precisar pagar mensalmente um camarote na Vila Belmiro, revelada em entrevista exclusiva divulgada pelo UOL Esporte nesta sexta-feira, foi respondida pelo clube da Vila Belmiro e, no que depender do Santos, será resolvida.

Ao falar sobre o reconhecimento que tem por tudo que fez na carreira, Pelé chegou a hesitar, mas acabou revelando uma mágoa que tem com o clube o qual defendeu por quase 20 anos.

"Eu não saí do Santos porque não quis, porque tive proposta para ir para todo mundo. Quando o Santos fez os camarotes novos, tem o meu camarote ali... Você sabe que eu pago até hoje o camarote? Em qualquer lugar do mundo os caras me davam camarote. Pago mensalmente, procuro não atrasar. Nunca chegaram e falaram: 'fica de presente por tudo que você fez'", disse Pelé.

Procurado pelo UOL Esporte, o presidente Modesto Roma Júnior respondeu à mágoa de Pelé com compreensão. "Se ele está sendo cobrado, ele pode nos procurar que será isentado", afirmou o mandatário, que disse ainda entender a reclamação do Rei do Futebol.

"A questão é que o Pelé tem dois camarotes específicos e exclusivos dele, que ele comprou há 30 anos, e depois de 30 anos ele reclama da taxa de manutenção. Eu entendo a reclamação dele, não tem problema. Eu acho que ele deve ser isentado. De minha parte eu não vejo nenhum problema", acrescentou Modesto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos