Com ingresso a R$ 100 em Barueri, são-paulinos boicotam estreia de Ceni

José Eduardo Martins

Do UOL, em Barueri

  • José Eduardo Martins/UOL

    Arena Barueri apresenta baixo público para a estreia de Rogério Ceni no Paulistão

    Arena Barueri apresenta baixo público para a estreia de Rogério Ceni no Paulistão

Os torcedores são-paulinos cumpriram a promessa e boicotaram a estreia oficial de Rogério Ceni como treinador do clube. Isso porque o presidente do Audax, Vampeta, foi irredutível e estabeleceu o preço mínimo do ingresso a R$ 100. 

José Eduardo Martins/UOL Esporte

A reportagem do UOL Esporte esteve na entrada dedicada aos são-paulinos na Arena Barueri e a movimentação era muito baixa: cerca de 400 torcedores. Alguns tricolores, no entanto, não resistiram ao histórico primeiro jogo do ex-goleiro como técnico. "Vim só por causa do Rogério Ceni. Vou a todos os jogos do São Paulo e não poderia perder esse. Mas o Vampeta perdeu o respeito que eu tinha por ele. Tive de comprar o ingresso agora a RS 100", disse Eraldo Hipolito dos Santos, ajudante em loja de material de construção. Os poucos presentes nas arquibancadas já entoavam o grito de "ch..., Vampeta" antes mesmo do início da partida.

"Não tem como deixar o Rogério Ceni de lado, eu tinha de prestigiar a estreia. Mas o Vampeta não podia fazer isso. Mas se deu mal, pagou alto o preço pelo que fez", comentou o também são-paulino Arnaldo Monteiro, motorista. Os vendedores ambulantes da região também não estão felizes com as circunstâncias da partida. "Quase nunca tem jogo de time grande aqui em Barueri, e quando tem não vem ninguém. Culpa do Vampeta, que fala demais", desabafou Claudio Silva, que tentava vender cerveja.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos