Douglas Costa diz ter "ofertas fortes" da China: "Futebol é negócio"

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / PATRIK STOLLARZ

A concorrência com Ribéry e Robben tem deixado Douglas Costa insatisfeito no Bayern de Munique. O brasileiro mira a Bola de Ouro e o título da Liga dos Campeões, mas diz ter propostas de quatro países e não descarta deixar a Alemanha ao final da atual temporada.

"Temos algumas ofertas fortes da China e também de grandes clubes da Europa. Quando terminar a temporada, vamos sentar e analisar tudo", diz o meio-campista, que mantém discurso padrão dizendo estar focado em Munique.

"Minha ideia é não deixar o Bayern agora; quero ganhar títulos. Gosto da equipe e creio que aqui posso alcançar o nível mais alto da minha carreira, brigar por Bola de Ouro, Champions League, Campeonato Alemão e Mundial", completa Douglas Costa.

Ele esteve em campo em 19 dos 28 jogos disputados pelo Bayern de Munique nesta temporada, mas só foi titular 11 vezes. No total, Douglas Costa atuou por 1.100 minutos, o equivalente a pouco mais de 12 partidas completas. Daí o incômodo do jogador. "O principal fator está nos minutos de jogo", afirma.

O jogador tem contrato com o Bayern até 2020, mas não descarta trocar de ares. "Há contatos com equipes da Inglaterra, Espanha e França, mas respeito o Bayern", afirma Douglas Costa, que pretende saber o que o clube pretende para o seu futuro. "O futebol é negócio, e o Bayern simplesmente tem que aceitar uma oferta se outro clube paga o que tem que pagar."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos