Bruno Henrique 'dispensa' a 11 e escolhe número para homenagear a esposa

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos apresentou no início da tarde desta segunda-feira (6) o último dos seis reforços contratados para 2017, e também o mais caro (cerca de R$ 14 milhões): o atacante Bruno Henrique, que estava no Wolfsburf, da Alemanha, e fez nesta manhã o seu primeiro treino com bola junto dos demais companheiros.

Com a aposentadoria de Elano, que virou auxiliar técnico, Bruno Henrique teve a opção de escolher a camisa 11 para jogar, a mesma utilizada por Neymar. Porém, teve outra escolha: homenagear a esposa, pegando o número 27.

"Foi a data do meu casamento, e preferi homenagear minha esposa. Na Alemanha não consegui, mas aqui deu certo. Mas jogador não se faz por camisa. Tem que entrar em campo e demonstrar o seu valor com a camisa que for", disse o atacante.

Com passagens por Cruzeiro, Uberlândia-MG, Itumbiara-GO, Goiás e Wolfsburg-ALE, o jogador de 26 anos chega para disputar posição, especialmente, com Vitor Bueno e Copete, os atuais titulares do Santos que, assim como ele próprio disse, jogam 'pelas beiradas'.

"Somos uma equipe. Vai existir concorrência, mas Vitor Bueno e Copete fizeram um grande campeonato pelo Santos e fizeram por merecer. Eu cheguei agora e vou procurar meu espaço, sem tirar o espaço de ninguém. Vim para somar e ajudar os companheiros", disse o atacante, sem esconder onde prefere atuar.

"Como sempre joguei, belas beiradas, que é onde eu me saio melhor. Tenho certeza que vou me dar muito bem aqui no Santos", acrescentou.

Já regularizado, Bruno Henrique depende dos treinos da semana e da opção da comissão técnica para fazer a sua estreia já no domingo, contra o Red Bull, no Pacaembu. No que depender dele, porém, Dorival Júnior já pode escalá-lo pelo menos por alguns minutos.

"Eu vinha treinando. É um pouco diferente da Europa, lá é frio, nessa época está nevando, e aqui o sol mais forte desgasta um pouco, mas durante essa semana vou trabalhar e, se for possível, se o Dorival optar por mim, quero estar dentro de campo para ajudar o Santos", afirmou o atacante.

"100% ainda não estou, mas estou ansioso por vestir essa camisa, por fazer meu primeiro gol. Mas se [Dorival Júnior] optar por eu jogar um pouco, posso corresponder dentro de campo", garantiu Bruno Henrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos