Jogador que tomou grito sobre Felipe Melo: "É humilde e me pediu desculpas"

Do UOL, em São Paulo

  • MIGUEL SCHINCARIOL/ESTADÃO CONTEÚDO

    Felipe Melo roubou a cena na estreia do Palmeiras no Paulistão 2017

    Felipe Melo roubou a cena na estreia do Palmeiras no Paulistão 2017

Lateral direito do Botafogo de Ribeirão Preto, Samuel Santos protagonizou disputa à parte com Felipe Melo na vitória por 1 a 0 do Palmeiras neste domingo (6). No lance que simbolizou o duelo, o volante roubou a bola, deixou o rival no chão e se abaixou gritando no seu ouvido. 

Apesar da troca de farpas em campo, Samuel afirmou que Felipe Melo o chamou para conversar no fim da partida e desculpou-se caso tivesse se excedido. O lateral disse que a atitude mostrou que o reforço do Palmeiras é "humilde". 

"Ali ele só gritou. Vibrou, deu um grito no meu ouvido. Não falou nada não. Não era bem uma provocação. Era a vontade de ganhar. Depois ele me chamou, foi respeitoso, parabenizou pela partida que eu fiz. Pediu desculpas se ele jogou da forma errada", afirmou Samuel à Fox Sports

"Ele se mostrou ser muito humilde também, por me chamar e me dar um abraço", acrescentou o lateral do Botafogo. 

Num lance na lateral do Allianz Parque, com a bola pingando no gramado, Felipe Melo foi com tudo para a dividida e Samuel pulou. O palmeirense ironizou o refugo do rival, que brincou com o tema nesta segunda-feira (6).

"Eu jamais iria dividir uma bola com o Felipe Melo, está maluco? Imagina dividir uma bola com esse homem", disse, aos risos. "Eu pulei e disse que ia dar uma caneta nele. Ali é coisa de jogo, normal, nenhum momento ele foi desleal, me tratou mal. É o jeito dele, ele sabe vender a imagem dele, tanto que quando ele foi ali dar um grito no meu ouvido a torcida foi à loucura."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos