Copa do Mundo, seleção e artilharia podem dar mais R$ 16 mi a Gabriel Jesus

Marcel Rizzo

  • Reuters / John Sibley

    Gabriel Jesus vem se destacando pelo Manchester City

    Gabriel Jesus vem se destacando pelo Manchester City

Gabriel Jesus ainda está longe do salário de estrelas como Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar, mas se mantiver as boas atuações pelo Manchester City (ING) receberá bônus que podem chegar a 5 milhões de euros (R$ 16,5 milhões) em cinco anos.

O gatilho que aumenta os valores pagos em contratos de jogadores de futebol por meta alcançada é algo comum, principalmente na Europa (apesar de Neymar, como revelado por este blog, ter aberto mão disso no novo contrato que assinou com o Barcelona).

No caso de Jesus, está previsto bônus anual que pode alcançar 1 milhão de euros (R$ 3,3 milhões) — ele assinou contrato por cinco anos com o City, até 2021.

Há dinheiro extra para quase tudo: se for artilheiro da Premier League (primeira divisão inglesa) ou da Liga dos Campeões, se chegar entre os finalistas do melhor do mundo da Fifa, se ganhar o melhor do mundo da Fifa, por convocações para a seleção brasileira e até por participação em Copa do Mundo.

Fixo, Gabriel Jesus, 19 anos, acertou com o Manchester City um salário de aproximadamente 2 milhões de euros (R$ 6,7 milhões) por temporada.  Ainda bem longe do que Cristiano Ronaldo (R$ 175 milhões por ano), Messi (R$ 167 milhões) e Neymar (R$ 56 milhões) recebem.

Mas bons desempenhos como o do último final de semana podem fazer com que o City antecipe uma renovação, o que faria o jogador saltar de patamar salarial nos próximos anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos