Corinthians desiste de Pottker após Ponte escalar o atacante na Copa do BR

Do UOL, em São Paulo

É oficial. Após quatro semanas de conversas e idas e vindas, o Corinthians desistiu da contratação do atacante William Pottker no início da noite desta quarta-feira. O desfecho da negociação com Ponte Preta ocorreu depois de o time de Campinas escalar o atacante para a estreia na Copa do Brasil e foi confirmado pelo diretor de futebol Flávio Adauto. 

"Tínhamos tudo praticamente decidido para ele se integrar ao Corinthians a partir do Campeonato Paulista. Já era um acordo, já era conversado. Mas como a Ponte Preta colocou o jogador em campo hoje, o Corinthians esquece esse assunto. Com a inclusão dele na Copa do Brasil, provavelmente vai jogar a Sul-Americana também", disse Adauto antes da partida entre Caldense e Corinthians.

"O Corinthians não vai ficar esperando. Foram negociações feitas por muito tempo. Tudo esteve praticamente acertado, mas esse praticamente não permitiu que se concluísse a negociação. O Corinthians emprestou os dois jogadores (Lucca e Yago) e não vinculou a possível chegada de Pottker a esses jogadores ", afirmou.

A atitude ponte-pretana desagradou os dirigentes corintianos. As partes chegaram a um acordo verbal no último dia 19. Nele, Pottker se apresentaria ao Corinthians depois o Campeonato Paulista, em maio - o atacante marcou mais um gol pela Ponte nesta quarta-feira, contra o Campinense, pela Copa do Brasil. 

O clube da capital ainda esperava contar com o jogador na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana, cujas finais ocorrerão no fim da temporada. Com a participação de Pottker na partida entre Campinense e Ponte Preta, o Corinthians não poderá utilizá-lo na principal competição de mata-mata do país, restando apenas o Brasileirão e a Sul-Americana.

As negociações entre Corinthians e Ponte Preta tiveram início nos primeiros dias do ano. Inicialmente, a diretoria corintiana ofereceu 2 milhões de euros (R$ 6,8 milhões) por 50 % dos direitos econômicos de Pottker.

A Ponte achou o valor alto, mas recusou, pois o atacante é considerado uma das principais peças da equipe - o clube de Campinas é dono de apenas 20% dos direitos do atacante, Mas, como tem o registro de Pottker, pôde recusar a oferta corintiana.

Dias depois, o Corinthians voltou à carga. A ideia era pagar o valor e integrar Pottker ao elenco depois do campeonato estadual. Além disso, a diretoria corintiana aceitou emprestar o atacante Lucca e o zagueiro Yago à Ponte Preta.

 Sem Pottker, o Corinthians contará com oito jogadores para o setor de ataque. São eles: Jô, Kazim, Romero, Léo Jabá, Carlinhos, Luidy, Bruno Paulo e Mendoza.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos