Cobrado publicamente, Cruzeiro promete pagar dívida por Ábila em até um mês

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Juliana Flister/Light Press/Cruzeiro

    Cruzeiro comprou 50% dos direitos de Ábila, mas ainda precisa quitar última parcela

    Cruzeiro comprou 50% dos direitos de Ábila, mas ainda precisa quitar última parcela

Depois de ser cobrado publicamente pela terceira vez, o Cruzeiro finalmente deverá acertar suas pendências com o Huracán, da Argentina. Quem garante é o diretor de futebol do clube, Klauss Câmara, que assegurou que o clube mineiro irá quitar em até 30 dias a dívida referente ao pagamento de Ramón Ábila.

"Estive com o presidente do Huracán (Alejandro Nadur) no sorteio da Copa Sul-Americana, no Paraguai e, olho no olho, disse a ele que o Cruzeiro vai honrar seu compromisso, aliás, como sempre fez", falou o diretor celeste, em entrevista à Rádio  98FM, de Belo Horizonte.

Desde o mês de dezembro, o Huracán vem cobrando publicamente o Cruzeiro pelo não pagamento da última parcela referente aos direitos econômicos de Ramón Ábila, contratado no meio do ano passado. Recentemente, o presidente Alejandro Nadur chegou a revelar até que pretendia pedir a devolução do atacante se o clube mineiro não pagasse a dívida de US$1,5 milhão (cerca de R$4,8 milhões). Em resposta ao mandatário, Gilvan de Pinho Tavares assegurou que o Cruzeiro iria quitar suas dívidas e citou a demora para receber algumas receitas como justificativa para o atraso do pagamento.

No início do ano, Gilvan foi aos microfones para dizer que os clubes entraram em um acordo sobre um prazo para o pagamento das últimas parcelas. Vencido este prazo, o clube foi novamente notificado sobre as novas cobranças. Desta vez, Klauss Câmara confirmou que a dívida será quitada de vez e estipulou um novo intervalo de até 30 dias para colocar um ponto final na história.

"Estamos dentro do prazo, não tem problema nenhum. O Huracán terá um processo eleitoral no meio do ano, e o presidente do clube quer encerrar a dívida até lá. Mas já disse a ele que iremos quitar toda a dívida, normalmente. Ele disse que tem esse prazo. Nós entendemos e respeitamos, mas pedimos a ele que entenda que também temos o nosso prazo", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos