Cortado na véspera do jogo, saída de Pratto não pegou Roger de surpresa

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Em sua entrevista de imprensa concedida após a vitória por 2 a 0 diante do Joinville, o técnico Roger Machado comentou sobre a situação envolvendo o atacante Lucas Pratto. Em negociações avançadas com o São Paulo, o atacante argentino chegou a treinar no time titular e foi relacionado para o confronto da Primeira Liga, mas sequer ficou no banco e já está de malas prontas para o time paulista. Questionado sobre o assunto, Roger não revelou não estar surpreso com o corte de última hora e minimizou a saída do argentino.

"Ontem (quarta-feira), quando eu fui perguntado sobre as alterações no treinamento, obviamente, não foi uma surpresa de vestiário. A gente sabe pela nossa experiência como andam essas questões. Geralmente esses negócios que se arrastam não acontecem. Mas quando acontece de um momento para o outro, a gente precisa prestar mais atenção. Se ontem eu me preparei, é porque eu não fiquei sabendo no vestiário", disse o treinador.

A partir de agora, Roger terá como centroavantes de ofício o titular Fred e o reserva Rafael Moura. No jogo desta quinta-feira, Pratto era cotado para iniciar o jogo ao lado de Fred. Contudo, o corte do jogador fez com que Roger escalasse Otero no setor ofensivo.

"O retorno do Rafael (Moura) também tem parte nessas questões de saídas e chegadas. A gente sabe que, não é desse momento, que os clubes do Brasil precisam equilibrar suas finanças e vender seus talentos. Muitos jogadores foram procurados, talvez o Lucas Pratto tenha sido o maior deles. A perda é sentida é sentida, ma eu tenho que procurar alternativas. Tenho dois jogadores com essa características no grupo. Tenho certeza que a qualidade deles vai suprir bem a saída do Lucas", acrescentou Roger.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos