Multa de R$ 200 mi e opções no gol devem frear ímpeto do Barça por Ederson

Do UOL, em São Paulo

  • TOBIAS SCHWARZ/AFP

Observado com atenção pelo Barcelona, o goleiro brasileiro Ederson, do Benfica, pode ver a sua possibilidade de jogar no time espanhol reduzida por dois fatores: o alto valor de sua multa rescisória e a satisfação do técnico Luis Enrique com as opções que tem para o gol.

De acordo com o jornal português "A Bola", apesar de o Barcelona seguir de perto o goleiro, inclusive com a presença de um "olheiro" no jogo contra o Nacional no último fim de semana, o Benfica não enxerga o clube como uma ameaça para levar o brasileiro. Na avaliação dos dirigentes, é mais provável que times ingleses como o Manchester City façam uma investida na próxima janela de transferências.

O "Mundo Deportivo" publicou recentemente que a equipe de observadores do Barcelona trata Ederson como uma ótima opção e o indicariam para uma possível transferência. Porém, a multa rescisória de 60 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões), estipulada em renovação até 2023 anunciada em janeiro, afasta a possibilidade imediata, ainda mais em uma posição em que o Barcelona está servido por Ter Stegen, Cillessen e Jordi Masip. Com 23 anos, porém, ele pode ser uma opção para o futuro. 

Com passagem pelas categorias de base do São Paulo, Ederson chegou a jogar também na base do Benfica e depois retornou à Portugal para defender o Rio Ave em 2012. Em 2015, ele voltou ao Benfica e chegou a defender a equipe B, mas com as seguidas lesões do titular Julio Cesar ganhou oportunidades e acabou se tornando o titular.

Nesta temporada, Ederson já disputou 25 jogos e levou apenas 18 gols. O Benfica lidera o Campeonato Português com 48 pontos, um a mais que o arquirrival Porto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos