Uefa pedirá 16 vagas na nova Copa e fim de duelo entre europeus na 1ª fase

Do UOL, em São Paulo

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, confirmou nesta quinta-feira que vai solicitar 16 vagas para europeus na Copa do Mundo de 2026, quando a Fifa estreará o novo formato com 48 seleções. Atualmente, o continente conta com 13 lugares fixos.

Porém, a Uefa vai fazer outra solicitação para a Fifa: de que equipes europeias não se enfrentem na primeira fase, o que aumentaria as chances de as 16 avançarem para a fase seguinte.     

"Nós devemos ser realistas. Nós podemos forçar a mão e perder na votação, mas nós pensamos que é mais realista pedir por 16 vagas ao menos, com a condição adicional de que cada país europeu fique em um grupo diferente", explicou.

No novo formato, aprovado em reunião do conselho da Fifa em dezembro do último ano, ficou decidido que as 48 seleções serão divididas em 16 grupos na primeira fase. Os dois primeiros de cada chave se classificarão para o mata-mata, que assim ganhará mais uma fase.

Caso o pedido da Uefa seja atendido, cada grupo da primeira fase terá obrigatoriamente uma equipe europeia. Atualmente, com oito chaves de quatro participantes, dois europeus podem se enfrentar logo na fase inicial.

A Fifa ainda não se pronunciou em relação à divisão de vagas nas Eliminatórias. Em relação à América do Sul, especulações indicam que o continente pode ficar com seis lugares, além de uma extra na repescagem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos