Em início arrasador, Ábila marca seu quarto gol no intervalo de cinco dias

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Concorrente de Rafael Sóbis no ataque do Cruzeiro, o argentino Ramón Ábila começou o ano de 2017 de forma arrasadora. Titular contra o Chapecoense nesta noite de quinta-feira, pela Primeira Liga, o atacante começou entre os onze jogadores iniciais pela segunda vez na temporada. Foi assim também no final de semana diante do Tricordiano, pelo estadual. E assim como no domingo, o camisa 9 voltou a sair de campo com dois gols marcados. Agora já são quatro tentos nas quatro primeiras partidas do ano.

A vitória celeste diante do Chapecoense começou com um gol de pênalti. Sofrido por Rafinha, a cobrança foi feita por Ábila, que bateu firme sem chances para o goleiro. No segundo tempo, o argentino voltou a marcar, desta vez em uma pintura. Da entrada da área, Ábila ousou na cavadinha que encobriu Tiepo e foi morrer no fundo das redes. Golaço que o deixou com créditos para terminar a partida como melhor em campo.

"Não tem como ele não ser o melhor em campo, a gente corre o campo inteiro, mas ele foi muito feliz. É um cara que trabalha bastante e é muito merecedor", falou o atacante Rafinha, que teve uma boa atuação, mas foi ofuscado pelos gols do companheiro.

Em um passado recente, Leandro Damião passou por um momento parecido com o de Ábila. Em 2015, o jogador marcou quatro gols nos primeiros quatro jogos do Cruzeiro. Contudo, o centroavante foi titular em todos os compromissos.

Contratado em junho de 2016, Ábila caiu rapidamente nas graças da torcida e chamou atenção por causa do faro de gols e forte poder de finalização. Com mais esses dois feitos marcados no Mineirão, o jogador já alcançou a marca de 17 gols em 33 partidas, atingindo uma média de 0,51 tentos por jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos