Greve? Polícia cumpre ordem judicial e busca lista de sócios no Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Renan Rodrigues/UOL

    Política do Vasco agitou o clube nesta sexta-feira e teve até ordem judicial por lista de sócios

    Política do Vasco agitou o clube nesta sexta-feira e teve até ordem judicial por lista de sócios

Apesar do protesto de alguns familiares, a vida da Polícia Militar no Rio de Janeiro permanece ativa. Prova disso é que alguns deles foram até São Januário cumprir uma ordem judicial, que obrigava o Vasco a disponibilizar a atual lista de sócios que terão direito a voto nas eleições no fim do ano.

Segundo informações do Extra e confirmada pelo UOL Esporte, a diretoria do Vasco já tinha ciência da ordem judicial desde a noite de quinta-feira. Assim, o clube deixou alguns funcionários na entrada social do clube para receber os policiais, que entraram na secretaria em seguida.

O episódio ocorreu porque o grupo que faz oposição ao presidente Eurico Miranda deu entrada na Justiça para ter acesso às informações de entrada e saída de sócios. Nas últimas eleições, o Vasco viu o número de sócios crescer consideravelmente com a proximidade do pleito.

Curiosamente o presidente Eurico Miranda ainda não se posicionou oficialmente se se lançará como candidato à reeleição à presidência do Vasco. Apesar do mistério, o clima é de otimismo e o cartola deverá participar do pleito.

Atualmente, três grupos se movimentam com o objetivo de tentar vencer o atual mandatário nas urnas: Identidade Vasco, Sempre Vasco e Cruzada Vascaína.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos