Leila Pereira é eleita para o Conselho Deliberativo do Palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Nenhuma surpresa. Diante da fama conquistada pelo patrocínio da Crefisa/FAM e a campanha intensa nas últimas semanas, Leila Pereira recebeu a recompensa na noite deste sábado. Depois de votação ocorrida na sede social do Palmeiras, a proprietária da principal parceria do Palmeiras acabou eleita para o Conselho Deliberativo do clube.

"Uma coisa que eu queria muito, continuar contribuindo, agora politicamente com o Palmeiras. Prova que os eleitores que amam o Palmeiras estão vendo que eu quero o melhor para o clube. E podem contar comigo e minhas empresas", declarou Leila.

O nome de Leila foi aprovado obtendo 248 votos e o marido dela José Roberto Lamacchia, conseguiu ser eleito com 62 menções. O casal concorreu junto à chapa 'Palmeiras Forte', abençoada por Mustafá Contursi, presidente do clube durante a década de 1990. A empresária obteve o direito a um mandato de quatro anos no Conselho Deliberativo palmeirense.

Ela prometeu conversar com o presidente do Palmeiras para estender a parceria para o esporte amador e a parte social do clube. A empresária disse que ao entrar para o Conselho Deliberativo o compromisso com o clube fica mais forte.

"Não vou ser uma sócia ou uma patrocinadora, mas também um conselheira", disse.

No total, o 'Palmeiras Forte' conseguiu 27 eleitos e ela foi a candidata que mais obteve votos em sua chapa; o grupo foi o segundo mais votado com 1408 votos no total - a chapa Palestra, com 1433, liderou.

A proprietária investiu as últimas semanas em campanha: promoveu um jantar, alugou uma casa em frente ao Allianz Parque para fazer campanha e reuniu diversas alas do clube. O nome de Leila Pereira era tratado quase como um consenso por sócios e conselheiros.

A campanha intensa continuou no dia da eleição, com Leila ganhando votos no 'corpo a corpo' com associados. A casa alugada para servir de comitê recebeu a visita do ex-presidente Arnaldo Tirone e de membros da escola de samba da Mancha Verde. Leila se dirigiu para o local quando deixou a sede do Palmeiras.

José Edgar Matos
A nova conselheira ganhou 1,5 mil seguidores no Instagram da campanha e posou para muitas fotos. O empenho dela fez o movimento de táxis ser grande nas imediações do estádio; eleitores e amigos que a ajudaram na campanha deixaram a sede nestes veículos. A CET e a Sptrans autorizaram o estacionamento destes ao lado do Allianz Parque.

No final da tarde, pessoas preparavam uma bateria de rojões na frente da casa alugada como comitê. Estavam certos em contar com a vitória. Tanto esforço deu resultado. A campanha para o conselho, aliada com o crescimento do aporte financeiro da Crefisa no futebol do Palmeiras – mais de R$ 130 milhões investidos entre contratações (Borja, Guerra, Fabiano e a compra de 50% de Dudu) e o novo patrocínio -, alavancaram o nome de Leila.

Leila Pereira ainda investiu em um 'corpo a corpo' com eleitores neste sábado de eleição. O comitê de campanha localizado em frente ao Allianz Parque serviu como apoio para angariar os últimos votos a favor da proprietária da Crefisa/FAM, agora membro ativa da política palmeirense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos