Atacante dispensado pelo SP é pivô de atrito no tapetão no Paraná

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

  • Yuri Casari/Do Rico Ao Pobre

    Procuradoria entrará com denúncia alegando que Getterson atuou no Paraná antes de registro no BID

    Procuradoria entrará com denúncia alegando que Getterson atuou no Paraná antes de registro no BID

O atacante Getterson virou pivô de disputa jurídica no futebol paranaense. A procuradoria do Tribunal de Justiça do Paraná protocolará denúncia nesta segunda-feira contra o J. Malucelli (clube que o atleta defende) por suposta utilização irregular do atleta no Campeonato Paranaense.

O procurador do TJD do Paraná, Gilson Goulart Junior, informa que o J. Malucelli colocou Getterson para atuar em três partidas mesmo sem a autorização do BID (Boletim Informativo Diário).

O nome de Getterson apareceu no BID em 6 de fevereiro. Antes disso, ele havia feito três partidas com o J. Malucelli no Paranaense deste ano.

O clube paranaense será denunciado no artigo 214 do CBJD e poderá perder até 16 pontos (perderia os sete pontos que ganhou nos três jogos que Getterson esteve em campo, além de perder nove pontos pela utilização nos três jogos).

"Recebemos informação da Federação Paranaense de que o J. Malucelli utilizou o Getterson de forma irregular. O erro não foi do atleta e ele não será alvo da denúncia. A denúncia envolve o clube", destacou o procurador-geral do TJD ao UOL Esporte.  

O advogado do J. Malucelli, Marcelo Contini, diz que Getterson tem contrato ativo com o clube desde junho do ano passado. Em julho, o atacante foi emprestado para o Dallas, dos Estados Unidos, retornando ao time do Paraná em janeiro.

 "Estamos tranquilos quanto a esse assunto. O Getterson já tinha vínculo conosco há muito tempo. A publicação no BID, basicamente, funcionaria também para reforçar o contrato anterior", respondeu o advogado do time.

São Paulo dispensou atleta no ano passado após posts nas redes sociais

Em junho do ano passado, Getterson foi dispensado pelo São Paulo horas depois de ser anunciado pelo time paulista.

A diretoria do São Paulo tomou conhecimento de que o atacante havia ironizado o clube nas redes sociais em posts antigos. Por essa razão, Getterson teve seu contrato cancelado pela equipe do Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos