Santa Cruz se livra de punição no STJD por atraso de salários

Do UOL, em São Paulo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu arquivar o processo contra o Santa Cruz por atraso salarial. Em audiência nesta segunda-feira (13), os auditores se dividiram em dois votos para o julgamento e dois para o arquivamento. Com o empate, prevalece a decisão mais benéfica ao denunciado, conforme prevê o artigo 132 do Conselho Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Os dois auditores que votaram para o arquivamento do caso entenderam que a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) não tinha direito a entrar com uma ação contra o clube e que, como o atraso salarial aconteceu em 2016, não havia como a perda de pontos ser aplicada.

O Santa Cruz foi denunciado pela FENAPAF por causa dos atrasos salariais em julho, agosto, setembro e outubro. O artigo 18 do regulamento do Campeonato Brasileiro prevê a perda de pontos na competição ao clube que atrasar salários por período igual ou superior a 30 dias.

Caso fosse julgado e punido pelo STJD, o Santa Cruz corria o risco de começar a Série B do Campeonato Brasileiro com três pontos negativos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos