Arsenal é acusado de 'fingir' lotação de estádio em jogo pelo Inglês

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Cadeiras vazias no Emirates Stadium. Arsenal informa que muitos pagaram, mas não foram

    Cadeiras vazias no Emirates Stadium. Arsenal informa que muitos pagaram, mas não foram

Arsenal enfrenta críticas por de tentar aumentar deliberadamente o público da vitória do time contra o Hull City, 2 a 0, jogo realizado no sábado. De acordo com o clube londrino, foram vendidos 59.962 mil ingressos para a partida, 663 a menos que a capacidade máxima do Emirates Stadium.

No entanto, O grupo Arsenal Suportters Trusty, que reúne acionistas e torcedores do clube, diz que havia mais de 10 mil assentos desocupados.

O clube nega irregularidade na comercialização de bilhetes e alega que nem muitos que compram pela internet acabam não comparecendo ao estádio.

O jornal Daily Mail reforça a tese de que vários torcedores desistiram de ir mesmo com o ingresso na mão em virtude do frio e de tropeços recentes dos Gunners. O time vinha de duas derrotas seguidas no Campeonato Inglês.

O time de Londres é o quarto colocado na classificação geral, com 50 pontos, 10 a menos que o líder Chelsea.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos