Cruzeiro empresta uruguaio que teve média de um jogo por mês ao Santa Cruz

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press

    Gino foi pouquíssimo aproveitado em 2016 e está de malas prontas para o Santa Cruz

    Gino foi pouquíssimo aproveitado em 2016 e está de malas prontas para o Santa Cruz

O volante Federico Gino não vestirá mais a camisa do Cruzeiro. Nesta tarde de terça-feira, a diretoria do clube mineiro informou que o jogador será emprestado para o Santa Cruz até o final do Campeonato Pernambucano. Gino já está com viagem marcada para Recife, onde irá realizar exames médicos e assinar com o Santa por cinco meses.

Hoje com 23 anos, Gino chegou ao Cruzeiro em janeiro de 2016. Porém, em um ano de clube, o jogador teve pouquíssimas oportunidades, seja com o técnico Deivid, Paulo Bento ou com o atual comandante Mano Menezes. Em 11 meses, o volante só entrou em campo por onze vezes, sendo que em apenas cinco na condição de titular.

O volante foi revelado no Defensor Sporting, do Uruguai, onde jogou com Arrascaeta e se tornou um dos melhores amigos do meia. Antes de chegar ao Cruzeiro, Gino ainda teve uma passagem breve, de quatro meses, e sem sucesso pelo Carpi, da Itália. Após voltar ao Uruguai, rescindiu com o Defensor e se mudou para Minas Gerais.

O vínculo do Cruzeiro com o jogador era válido até junho deste ano, mas o clube tinha a opção renovar por mais três temporadas. Como essa não é a intenção da diretoria, Gino não voltará mais ao time mineiro após servir o Santa Cruz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos