Técnico campeão da Copinha pelo Fla em 2011 morre no Rio de Janeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Alexandre Vidal/Fla Imagem

Ex-técnico das divisões de base do Flamengo e campeão da Copa São Paulo de Juniores em 2011, Paulo Henrique Filho morreu na madrugada desta terça-feira em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) sofrido no último fim de semana. Ele tinha 52 anos.

Paulo Henrique Filho estava internado desde sábado no Hospital Ronaldo Gazolla, em Acari.

No Flamengo, Paulo Henrique passou a comandar as categorias de base, sendo campeão em 2011 da Copinha e também da Taça Otávio Pinto Guimarães. Em 2012 fez parte da comissão técnica permanente do time profissional e saiu em 2013, para o Serra Macaense.

Nas redes sociais, o filho Henrique Lordelo Oliveira falou sobre as lembranças do pai, que também foi jogador do clube. Ele atuou como atacante.

"Hoje infelizmente aconteceu o que eu temia, meu pai veio a falecer, minha fonte de inspiração, de sabedoria, de alegria , ele era tudo para mim e vai continuar sendo para sempre pelo resto da minha vida, estou tentando entender porque acontece certas coisas na vida de alguém, não consigo acreditar que uma pessoa tão bem e que fazia o melhor para todos pode ter um fim desse jeito não da para acreditar. O cara que me deu força para superar os obstáculos do futebol e da vida sem passar por cima de ninguém, ele queria me ver feliz e me viu, realizando uma parte do sonho dele que era vestir a camisa do Flamengo, a outra parte do sonho ainda não foi realizada mas que eu irei realizar com todas as minhas forças, e ele lá de cima terá muito orgulho e honra em dizer que aquele é meu FILHO. Estou publicando essa hora porque não consigo dormir, não consigo aceitar de fato que meu herói se foi. Ele se foi fisicamente mas sempre estará lembrado em todos os corações", escreveu.

Em nota oficial, o Flamengo também lamentou a morte. Confira o texto na íntegra

Paulo Henrique Souza de Oliveira Filho levou no sangue e na chuteira o amor pelo Flamengo. Filho de craque rubro-negro, o atacante do Mais Querido da década de 1980 nos deixou precocemente nesta terça-feira (14), aos 52 anos, vítima de um AVC.

Paulo Henrique, revelado no Flamengo, já iniciou sua carreira no time profissional da Gávea com um grande desafio. Seu primeiro jogo foi um Clássico dos Milhões, no dia 12 de dezembro de 1984 - e ele saiu vitorioso de campo: 1 a 0. O ex-jogador era filho do grande lateral Paulo Henrique, que jogou a Copa do Mundo de 1966 e defendeu o Manto ao lado do craque Silva Batuta e de Murilo, ídolo do presidente Eduardo Bandeira de Mello.
 
Após encerrar a carreira de jogador, Paulo Henrique Filho passou a comandar as categorias de base do Flamengo e deixou sua marca nas duas principais competições da categoria sub-20: em 2011, conquistou a Copa São Paulo de Juniores e a Taça Otávio Pinto Guimarães como técnico dos garotos. Quando deixou o comando do time de juniores, em junho de 2012, passou a integrar a comissão técnica permanente da categoria profissional do clube. Hoje, era um dos jogadores da equipe Fla Master. 
 
O Clube de Regatas do Flamengo presta condolências à família de Paulo Henrique Filho e sente muito a perda deste grande rubro-negro, que defendeu o Manto Sagrado quase que por toda a vida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos