Borja se solta no Palmeiras e impressiona novos companheiros em 4 dias

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Foram apenas quatro dias de trabalho depois de uma recepção calorosa de torcedores do Palmeiras. Em menos de uma semana, Miguel Ángel Borja mostrou uma adaptação inesperada para diretores, jogadores e comissão técnica. A personalidade do colombiano impressionou, assim como a simpatia demonstrada nos primeiros treinamentos.

Desde a manhã do último sábado, quando desembarcou em Guarulhos em meio a uma festa promovida por centenas de torcedores, Borja iniciou a ambientação ao novo clube. Horas depois de chegar ao aeroporto, o colombiano conheceu a estrutura da Academia de Futebol e o técnico Eduardo Baptista.

No mesmo dia, teve o primeiro contato com os companheiros, que trabalharam para a partida contra o Ituano, no último domingo – vitória do clube interiorano por 1 a 0.

No domingo, o centroavante realizou atividades no gramado. Na segunda-feira, Borja trabalhou fisicamente ao lado de Egídio.

Na terça-feira, enfim, treino com bola junto ao restante do elenco; inclusive, o centroavante participou de uma movimentação em campo reduzido.

Internamente, a personalidade de Borja tem surpreendido – o atacante não apresentou timidez e já participa da resenha diária. Alguns atletas até 'arranham' palavras em espanhol com o colombiano e também com Alejandro Guerra, reforço chegado no mês passado.

As presenças de Yerry Mina e, principalmente, Alejandro Guerra facilitaram a relação do centroavante com os novos companheiros. A dupla, com um colombiano e um ex-companheiro de Atlético Nacional-COL, aparece como o elo para acelerar ainda mais a adaptação da nova estrela palmeirense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos