Goleiro da seleção Sub-20 pede desculpas após xingar imprensa

Do UOL, em São Paulo

O goleiro Caíque, reserva da seleção brasileira sub-20, pediu desculpas à equipe jornalística da Sportv. O atleta insultou os profissionais da emissora depois do empate por 0 a 0 com a Colômbia, no último sábado (11), resultado deixou o time fora da disputa do Mundial da categoria.

Em entrevista à rádio Itapoan FM, Caíque se desculpou:

"Sei que errei em ofender não só uma pessoa, mas duas, três, e sim vários profissionais, vários pais de família que se sentiram abalados com a situação de ter xingado. Estou aqui arrependido, peço desculpas a todos os integrantes do SporTV pelo fato de estar com a cabeça quente", disse o jogador de 19 anos, que defende o Vitória.

"Que isso sirva de lição para mim. Da mesma forma que recebo elogios, tenho que saber receber as críticas. Sou um garoto ainda, jovem e não sei controlar isso. É um defeito que tenho, essa explosão". 

No episódio com a imprensa que cobria o Sul-Americano no Equador, Caíque xingou a reportagem do Sportv.

"Bando de filho da p..., só querem cornetar. Vai tomar no c...", esbravejou.

Com uma vitória, três empates e uma derrota no hexagonal final do Sul-Americano sub-20, o Brasil terminou fora da zona de classificação para o Mundial da categoria, que será disputado entre maio e junho, na Coreia do Sul.

O campeão do torneio foi o Uruguai, seguido de Equador, Venezuela e Argentina. Os quatro serão os representantes da América do Sul no Mundial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos