Musa do Brasil de Pelotas é presa em operação da Polícia Civil no RS

Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Daiana foi musa do Brasil de Pelotas em 2016

    Daiana foi musa do Brasil de Pelotas em 2016

Daiana Freitas, musa do Brasil de Pelotas na última temporada, foi presa na manhã desta quarta-feira. De acordo com a Polícia Civil, ela foi levada pelos policiais na Operação Kataschesi.

De acordo com o delegado Rafael Lopes, Daiana fazia parte de uma quadrilha em um esquema de tráfico de drogas, roubos e lavagem de dinheiro.

Rafael disse ao UOL Esporte que Daiana era uma das mulheres que cediam seu nome para que os bens fossem registrados. Ela ainda tinha responsabilidade de gerenciar o aluguel dos bens.

A quadrilha usava o dinheiro de roubo e tráfico de drogas para comprar bens, como imóveis e carros. Esses eram sempre registrados em nome de terceiros, como o caso de Daiana.

Além de Daiana, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul cumpriu outros 11 mandados de pressão contra a quadrilha.

Essa foi a segunda fase da Operação Kataschesi. Na primeira, foram pegos 14 imóveis no valor total aproximado de R$ 2,75 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos