Bauza descarta convocação de Icardi para jogo contra o Chile

Do UOL, em São Paulo

  • Vanderlei Almeida/AFP

Edgardo Bauza foi para Milão, se encontrou com Mauro Icardi, disse que poderia convocar o jogador para a seleção da Argentina. Mas não deve ser dessa vez que a novidade vai acontecer. 

Bauza falou à imprensa nesta sexta (17) que não deve convocar Mauro Icardi para a próxima partida da seleção argentina contra o Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, em março.

"O que eu quero agora é que cheguem todos bem. Temos uma partida difícil contra o Chile, com muitos machucados", comentou o treinador, que completou falando de Icardi.

"Eu digo o mesmo que tenho falado. Por hora, não (convocará Icardi), mas a qualquer momento eu o chamo", ressaltou o Bauza.

No começo de fevereiro, Bauza e Icardi se encontraram. O treinador foi conversar com Banega e Icardi, além de admitir que a viagem foi para falar com possíveis convocados para as Eliminatórias. "Fui ver o treino da Inter. O Zanetti nos recebeu muito bem. Falei com o Banega e o Icardi. Falamos de futebol normalmente. O Icardi sabe que estamos acompanhando ele, tem um grande presente e em qualquer momento pode ser chamado", afirmou à ESPN italiana na ocasião.

A visita de Bauza gerou críticas de Diego Maradona na época. O ex-jogador chamou Bauza de traidor. O comandante da Argentina também foi questionado sobre isso na coletiva de imprensa desta sexta (17), mas preferiu não comentar o assunto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos