Volante do Linense nega maldade contra Moisés e relata ameaças de morte

Fábio Aleixo

Do UOL, em São Paulo

O volante da Linense Zé Antonio se tornou um vilão para a torcida palmeirense por causa do lance em que se envolveu no domingo e acabou lesionando o meia-atacante Moisés. O jogador palmeirense, inclusive, fez um post no Instagram chamando o adversário de "agressor".

A repercussão do lance deixou Zé bastante chateado e assustado. O atleta, inclusive, revelou que tem recebido ameaças de morte em seu celular e seu perfil em redes sociais. Ao UOL Esporte, o atleta negou ter agido com maldade na jogada.

"Eu entendo a revolta dele por ter se machucado. Mas não teve maldade alguma como vi muita gente e comentaristas dizendo. Estou saindo como vilão nesta história sendo que não dei carrinho, nem uma entrada mais violenta. Eu consegui dar um biquinho na bola, o pé dele ficou preso na grama e minha perna acabou batendo na dele. Isso não é um lance maldoso", afirmou em entrevista exclusiva.

No ano passado, Moisés também se machucou contra a Linense, também em m lance com Zé Antônio. Naquela oportunidade, fraturou o pé esquerdo e acabou ficando fora do Estadual e cortado da lista da Libertadores.

Reprodução

"Tem gente que não vai entender como coincidência. Os dois lances você vai ver que não teve maldade. No ano passado, nós dois estávamos correndo em direção à bola e eu nem vi ele. Acabei pisando no pé sem querer, tanto que eu nem levei amarelo", disse Zé.

"Como jogador de marcação, claro que já fui expulso na carreira, mas nunca por ter quebrado ou ter tirado alguém do jogo".

O volante revelou que depois da postagem de Moisés no Instagram, ele passou a receber ameaças e agora teme pela sua segurança.

"Tenho recebido ameaça de morte, via Facebook, redes sociais. Meu Instagram era aberto e tive de fechar. Não sei como conseguiram meu número de celular e ficam mandando mensagens pelo Whatsapp", disse.

Reprodução

"Fico com receio, não sei o que pode acontecer. Se tiver de andar com segurança, vou andar. Tenho família e a minha segurança é algo importante", completou.
 
Zé afirmou que está tentando falar com Moisés para se desculpar, mas ainda não conseguiu contato com o palmeirense. Ontem, após o jogo não conseguiu falar com o adversário pois ele já estava retornando a São Paulo.
 
"Eu pretendo procurar ele, entrar em contato. Quero falar com ele. Consegui falar com o assessor pessoal do Moisés que acha que este não é o momento ideal". "Já mandei uma mensagem me desculpando pelo Instagram, mas acho que ele não viu", completou.
 
Zé Antônio e Moisés atuaram juntos em duas oportunidades: no Sport e na Portuguesa. "Admiro o Moisés e sigo admirando onde ele chegou".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos