Eurico indica adiamento de Fla x Vasco como solução viável para imbróglio

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, disse em entrevista à "Fox Sports" que a evolução dos acontecimentos indica que o adiamento da semifinal da Taça Guanabara possa ser a solução para o fim do imbróglio envolvendo o clássico contra o Flamengo.

Eurico ainda espera a revogação da liminar obtida pelo Ministério Público que determina a disputa de clássicos com torcida única no Rio de Janeiro nesta terça-feira. Mas caso ela não ocorra, o adiamento surge como alternativa mais viável.

"A outra solução mais viável é que seja adiado o jogo do próximo sábado. Essa é a tendência. Não quero antecipar", disse Eurico, que ainda disse torcer para que o jogo seja realizado no sábado, mas acha "pouco provável".

Uma reunião na tarde desta terça-feira com a federação (Ferj) deve definir a situação. O jogo chegou a ser anunciado para Juiz de Fora na segunda-feira, mas a prefeitura vetou a realização por conta do Carnaval na cidade.

Flamengo e Vasco têm como preferência que a partida seja disputada com torcida mista, sábado, no Estádio do Engenhão. Porém, em entrevista também para a "Fox Sports", o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, não se mostrou tão assertivo à ideia de adiamento.

"Isso não depende do Flamengo. O regulamento diz que a partida é no sábado e no Engenhão. Torcemos para ser com torcida mista. Se vai ser dada outra solução, não cabe a nós", disse.

Um possível adiamento da semifinal pode causar problemas na agenda do Flamengo, que inicia a disputa da Copa Libertadores no dia 8 de março. "A estreia na Libertadores é a nossa prioridade, vamos dar total atenção a esse projeto. Claro que damos atenção às nossas outras frentes, mas vamos aguardar. Não pode ser uma solução que passe por cima do Flamengo", afirmou. 

Consenso sobre o torcida mista

Em uma aspecto, não há divergências entre Flamengo e Vasco: a prioridade é por uma partida com torcida mista, sábado, no Engenhão. Eurico Miranda é mais enfático ao dizer que o Vasco não entra em campo com torcida única, enquanto Bandeira de Melo é mais crítico às decisões da federação em revelia dos clubes.

"Isso já esta definido, os quatro (Fluminense e Botafogo também) vão peticionar o processo para que essa liminar seja revogada, os quatro estão de pleno acordo. Não há nenhuma divergência com o Flamengo e com os dois clubes grandes. Todos têm a mesma posição. O impasse que tem é esse. Se a coisa perdurar, se não for cassado a liminar, não vai restar alternativa a não ser jogar fora do estado. Daí tem o problema do Carnaval. Eu espero que a coisa seja resolvida hoje. Que seja cassada a liminar", disse Eurico.

Já Bandeira de Mello fala em "melhor dos mundos" com torcida mista. Por ter melhor campanha, o Flamengo é o mandante e teria a torcida a seu favor em caso de manutenção da sentença de apenas fãs de um time no estádio.

"Se for efetivamente cassada a liminar e o jogo puder ocorrer com torcida mista, seria o melhor dos mundos. Aí nós vamos avaliar, porque ontem foi colocado até erradamente que o jogo estava marcado para Juiz de Fora, com acordo dos dois clubes", disse.

"O Flamengo deixou claro que não aceitava. O Flamengo se mobilizou para marcar jogo no Pacaembu, em Brasília... Mas as duas opções que nos colocaram, Manaus e Juiz de Fora, não foram aceitas. Acho que várias soluções podem ser imaginadas, mas tem de haver concordância dos dois times", disse à Fox Sports.

Nota oficial

Em carta enviada à Ferj, o Flamengo manifestou-se contrário à marcação do jogo em Juiz de Fora pela federação na última segunda-feira. O clube reafirmou ser a favor de torcida mista e que seja cumprido o regulamento do Campeonato Carioca.

Veja a  carta completa

Prezados Senhor Presidente,

O Clube de Regatas do Flamengo ("FLAMENGO") vem, por meio de seu Presidente infra assinado, informar a V.Sa., inicialmente, que, ao contrário do que foi divulgado pela mídia na noite de ontem, NÃO concordou com a alteração da designação da partida semifinal do Campeonato Carioca 2017 para o Estádio Mario Heleno, em Juiz de Fora/MG, a ser realizada no dia 25 de fevereiro próximo.

A proposito, é de conhecimento público e notório que a Prefeitura do Município de Juiz de Fora emitiu nota oficial (cópia anexa) em que afirma não autorizar a realização da partida em comento no Estádio Mário Heleno, em virtude da intensa programação de blocos de carnaval na cidade e da necessidade de garantir o esquema de segurança da 4a Região da Polícia Militar aos foliões torcedores da outra partida que se realizará, no mesmo estádio e na mesma data, pelo Campeonato Mineiro de futebol profissional. O FLAMENGO requer a V.Sa., nesse sentido, que seja cumprido, na íntegra, o Regulamento do Campeonato Carioca Estadual da Série A de Profissionais para o Biênio 2017-2018 ("REC 2017-2018"), em especial seus artigos 44, II e 62, abaixo transcritos, no sentido de que a partida em comento seja realizada no próximo sábado, dia 25 de fevereiro, no Engenhão, em razão da impossibilidade de utilização do Estádio Mário Filho (Maracanã):

"Art. 44 - As partidas deverão ser disputadas nos estádios indicados pelos clubes mandantes, salvo:

(...) II - As partidas dos clássicos, do turno semifinal e do turno final do campeonato deverão ser realizadas no Maracanã.

Art. 62 - O Estádio Mário Filho (Maracanã) será considerado como campo neutro, assim como o Estádio Nilton Santos (Engenhão), caso não haja possibilidade de utilização do Maracanã."

Ainda neste sentido, na ausência de disposição regimental específica, a alteração do local da partida para outro Estado da Federação, deverá obedecer a regra da Confederação Brasileira de Futebol - CBF, prevista em seu Regulamento Geral das Competições 2017 ("Art. 13 - As tabelas das competições somente poderão ser modificadas se obedecidas as seguintes condições: I - encaminhamento formal de solicitação à DCO pela parte interessada, observado que: a) são consideradas partes diretamente interessadas o clube mandante, a federação mandante e a emissora dos direitos de televisão; b) faz-se necessária, em quaisquer dos casos, a análise prévia e aprovação por parte da DCO." (grifos nossos).

Com efeito, o próprio REC 2017-2018 faz menção expressa à necessidade de consulta ao clube mandante no item I do já mencionado art. 44, mesmo que em alusão a situação diversa da ora em comento (falta de aprovação pelos laudos técnicos ou veto da emissora detentora dos direitos de televisão). Invariavelmente, a consulta ao clube mandante (FLAMENGO) é obrigatória, e confirma-se, pela presente, que o FLAMENGO não concordou com a notícia tornada pública pela Federação na noite do dia 20 de fevereiro de 2017, no que se refere à transferência da partida semifinal do Campeonato Carioca 2017 para o Estádio Mário Heleno, em Juiz de Fora/MG.

Por fim, o FLAMENGO ressalta que é totalmente contrário à realização dos clássicos com torcida única e solicita que a partida semifinal do Campeonato Carioca 2017 seja disputada no Engenhão, no próximo dia 25 de fevereiro, com a presença das duas torcidas.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos