Sampaoli explica ausência de Ganso na Liga dos Campeões e culpa jogador

Do UOL, em São Paulo

  • Rex Shutterstock/Zumapress

Depois de não relacionar Paulo Henrique Ganso para a partida do Sevilla contra o Leicester pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, o técnico Jorge Sampaoli explicou o motivo de o brasileiro não aparecer na lista do clube para o jogo: ele mesmo.

"Estamos exigindo muito dele, porque o que ele fazia nos chamou a atenção quando veio para cá. Hoje é quase que uma decisão dele mesmo não jogar, quando ele resolver e nos contagiar com o que é capaz e com o que a equipe precisa, será impossível não tê-lo entre os relacionados", disse o treinador em coletiva de imprensa nesta terça (21).

Paulo Henrique Ganso não vive um bom momento na Espanha e chega a nove jogos sem entrar em campo. A última vez que o atleta jogou foi no dia 4 de janeiro.

Ganso deixou o São Paulo rumo ao Sevilla em julho de 2016, quando era um dos principais nomes do clube paulista. No entanto, não conseguiu se firmar na Espanha.

O meia teve apenas 12 oportunidades de entrar em campo, tendo sido substituído em nove e completado os 90 minutos em apenas três partidas.

Esta é a primeira vez que Ganso sequer vai para o banco de reservas de uma partida da Liga dos Campeões. Na primeira fase, ele foi relacionado para todos os jogos, mas só atuou contra o Dinamo Zagreb, na vitória por 4 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos