Da queda de braços à reaproximação: como Inter reatou com William

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    William pode retornar ao elenco do Internacional após renovação de contrato

    William pode retornar ao elenco do Internacional após renovação de contrato

William está mais perto de retornar ao elenco do Internacional. Uma série de conversas deixaram o lateral direito inclinado a ampliar seu contrato. O que parecia uma briga com separação como destino óbvio tem tudo para se transformar em reconciliação nos próximos capítulos. 

A novela da renovação de contrato ou saída do jogador se estende desde o período de férias. Tão logo assumiu o comando do clube, a direção atual do Colorado procurou o jogador e seus empresários para uma proposta de renovação. O vínculo atual vence em abril do ano que vem. 
 
Mas William considerou baixa a oferta, com aumento salarial que, na avaliação dele, não condizia com seu status no grupo. Rejeitou e postou-se disposto a se transferir. Recebeu, em seguida, uma proposta oficial do Wolfsburg, da Alemanha. Eram 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões), que foram rejeitados pelo clube gaúcho.
 
Enquanto isso, uma declaração via nota oficial tornou as coisas ainda mais difíceis. William afirmou que gostaria de deixar o Inter para realizar o sonho de jogar na Europa. Tal frase irritou os cartolas, que determinaram seu afastamento do elenco principal. Ele sequer esteve com o grupo em momento algum da pré-temporada ou dos treinos até hoje. 
 
Mas esta quarta-feira pode ser simbólica. Depois de fechada janela de transferências sem qualquer nova proposta, William reconsiderou a possibilidade de ampliar seu vínculo. A nova proposta da direção do Internacional teve uma sensível mudança em relação a anterior. Os mesmos valores salariais, quatro anos de vínculo, mas uma cláusula que facilita liberação para, enfim, realizar o sonho de atuar na Europa. Contando com  a intenção de Antonio Carlos Zago em contar com ele, além de apoios importantes no grupo, até o fim de semana ele deve ser reintegrado. 
 

A intervenção de D'Alessandro

 
Amigo pessoal do lateral direito, D'Alessandro foi peça fundamental na reaproximação. Ao fim de cada treino do 'time dos isolados', que contava com William, Ariel, Anderson e qualquer outro que estivesse em recuperação de lesão, o gringo chamava William para perto dos ex-colegas. Sorrisos, brincadeiras, afagos, tudo ocorria como se ele ainda estivesse no elenco de cima. Até mesmo com a direção, que acompanha os treinos representada pelo executivo Jorge Macedo e o vice Roberto Melo, passaram a interagir mais com ele. 
 
Desde a última semana, as declarações mudaram de tom. Tanto que agora, uma reunião deve apresentar um novo rumo para a situação. William ampliaria seu vínculo afastando a chance de deixar o Inter sem render qualquer lucro através de pré-contrato - que poderia ser assinado já no meio deste ano - e desta forma retomaria seu posto no elenco. 
 
Com 21 anos, William foi campeão olímpico com a seleção brasileira no ano passado. Titular absoluto do Internacional, acabou o ano como um dos principais destaques do time, saindo ileso do rebaixamento para a segunda divisão. Atuou até como meia, improvisado pelo técnico Celso Roth, e teve bom desempenho. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos