Uniforme achado no avião vira decoração no bar Chapecoense, na Colômbia

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Dono de bar Chapecoense, na Colômbia, exibe camisa que era de Bruno Rangel

    Dono de bar Chapecoense, na Colômbia, exibe camisa que era de Bruno Rangel

Um uniforme encontrado no avião que caiu em novembro virou decoração do Café Bar Chapecoense, criado em Medellín em homenagem ao clube. O empresário Juan David Pemberty, dono do estabelecimento, apresentou nas redes sociais a camisa que seria utilizada pelo atacante Bruno Rangel.

De acordo com o Estado de S. Paulo, um morador próximo à região do acidente procurou o dono do bar, oferecendo o uniforme resgatado.

Antes de colocar em um quadro no bar, Pemberty usar o uniforme em um jogo da Chapecoense no Brasil.

"Uma recordação de um guerreiro! Obrigado a todos aqueles que trazem para esta linda causa que nunca será esquecido", escreveu o empresário.

O bar chamado Chapecoense Café Bar, possui toda a decoração em verde e branco, fotos dos jogadores, história da Chapecoense e imagens em 3D das vítimas do acidente aéreo ocorrido em  Medellín , em novembro do ano passado .

O bar fica nos arredores do estádio Atanasio Girardot, local onde seria realizado o primeiro jogo das finais da Copa Sul Americana em 2016 e após a tragédia foi feita uma grande homenagem aos jogadores, comissão técnica e jornalistas mortos na tragédia com o avião da Lamia.

O local ainda tem um quadro com imagens dos jogadores mortos e dos sobreviventes da tragédia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos