Após "gol de Messi", juvenil gera expectativa sobre novo fenômeno no Barça

Do UOL, em São Paulo

Quando um jovem desconhecido faz um gol em uma jogada desconcertante como esta acima, vestindo a camisa do Barcelona, o mundo do futebol prende a respiração. A base que neste século revelou craques como Messi, Iniesta, Xavi e Fàbregas pretende continuar como uma fábrica prolífica, quem sabe, lançando nos próximos meses Jordi Mboula ao profissionalismo.

Na última quarta-feira, o jovem atacante de 17 anos marcou um golaço na vitória do Barcelona sobre o Borussia Dortmund por 4 a 1, em confronto de oitavas de final da Liga Juvenil da Uefa. Na jogada em questão, Mboula girou de costas na frente de um marcador, arrancou com velocidade junto à lateral e passou no meio de dois adversários antes de anotar um gol desses que Messi poderia perfeitamente assinar.

"Um golaço de Mboula, que vai dar a volta ao mundo", disparou o narrador de uma TV espanhola, que acompanhava a partida no Mini Estadi, campo de 15 mil lugares usado pelos times juvenis do Barcelona.

Quem é Jordi Mboula

Nascido em Granollers em 1999, Jordi Mboula Queralt é atacante do time Juvenil A do Barcelona. Filho de pai congolês e mãe espanhola, o atacante integra as famosas categorias de base do clube desde os 11 anos.  

Reprodução
Jordi Mboula (centro) defende as categorias de base do Barcelona desde os 11 anos

Mboula completa 18 anos em março de 2017 e em breve pode ser alçado ao Barcelona B, a última etapa antes de ir ao elenco principal. No entanto, o promissor ponta direita já chegou a treinar com o time de cima, quando Iniesta e Rafinha se machucaram, para completar o número de atletas em atividades específicas. O contrato do camisa 7 do Juvenil A com o clube expira em junho de 2018.

Paralelamente, Jordi Mboula também defende as categorias de base da seleção espanhola. O jogador do Barcelona participou do Europeu Sub-17 no Azerbaijão, em 2016, e atualmente tem sido convocado para compromissos da equipe Sub-19 do país.

Comparado a Thierry Henry na base

Apesar das referências internas como Messi, Neymar e Suárez, Jordi Mboula é frequentemente comparado ao francês Thierry Henry na base do Barcelona. Tudo em razão de sua característica de arrancadas junto às laterais do campo, que mesclam aceleração e pausas bruscas com a bola nos pés. 

Com este estilo, Mboula tem aparecido com destaque em jogadas de mano a mano, com gols e boas participações em jogadas. No entanto, o jovem de 17 anos tem a reputação de ser um projeto de craque de instantes efêmeros. Apesar de lances impressionantes, o garoto costuma se desconectar das partidas em muitos momentos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos