Justiça ordena prisão de Edinho, mas reduz pena por lavagem de dinheiro

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

  • Delamonica/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

    Pena de 33 anos e 4 meses foi reduzida para 12 anos e 10 meses

    Pena de 33 anos e 4 meses foi reduzida para 12 anos e 10 meses

O Tribunal de Justiça de São Paulo reduziu na quinta-feira a pena de Edson Cholbi do Nascimento por lavagem de dinheiro e associação ao tráfico, mas ordenou a sua prisão. Filho de Pelé, Edinho tinha entrado com recurso de apelação contra a condenação por 33 anos e quatro meses. A nova condenação é por 12 anos e dez meses em regime fechado.

A defesa de Edinho informou que entrará com pedido de habeas corpus para que o ex-goleiro fique em liberdade até o fim do processo.

De acordo com o advogado de Edinho, Eugênio Malavasi, o ex-goleiro se apresentará ao 5º Distrito Policial de Santos assim que sair o pedido de prisão.

"Ele vai se apresentar assim que sair a determinação [judicial]. Caso saia nesta sexta, ele se apresenta ainda hoje [sexta]. Mas iremos impetrar habeas corpus", disse Malavasi ao UOL Esporte.

Edinho foi condenado em maio de 2014 a 33 anos e quatro meses de reclusão por acusações de lavagem de dinheiro proveniente de tráfico de drogas. 

Além de Edinho, outras quatro pessoas foram condenadas pela mesma prática. Eles são investigados desde 2005. Edinho é acusado de ajudar em operações financeiras de Ronaldo Duarte Barsotti, o Naldinho, apontado como um dos maiores traficantes da região da Praia Grande. Naldinho está sumido, sendo considerado foragido.

Em 2005, inclusive, Edinho foi preso por causa desta suposta ligação. Na época, ele negou o envolvimento e disse que era apenas usuário de drogas. Um ano depois, no entanto, o Ministério Público denunciou o ex-goleiro por lavagem de dinheiro. Ele acabou preso por 47 dias.

Em julho de 2014, Edinho foi preso por não atender a medidas impostas pela Justiça para que permanecesse em liberdade. O ex-jogador foi solto dias depois. Na época, o ex-goleiro recorreu em liberdade, mas se apresentou voluntariamente em novembro de 2014. Edinho foi solto no dia seguinte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos