São Paulo vende promessa da base para o Real Madrid por R$ 9,6 milhões

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O São Paulo conseguiu reforçar um pouco mais o seu caixa. O Tricolor acertou a venda do meia Augusto Galván para o Real Madrid por 1 milhão de euros (R$ 3,2 milhões), com mais 2 milhões de euros (R$ 6,4 milhões) por metas alcançadas - totalizando R$ 9,6 milhões.

O negócio, porém, não foi fácil de ser fechado. O São Paulo precisou contar com o apoio da Fifa para concluir a transação. O jogador, de 17 anos, não quis assinar um vínculo profissional com o Tricolor e era assediado pelo Real Madrid, Manchester City, o Hamburgo e o RB Leipzig.

Por isso, o São Paulo notificou os clubes europeus por meio da entidade máxima do futebol. Tal medida fez o Real Madrid mudar a sua postura e negociar com o São Paulo e não mais diretamente com o jogador e seu estafe.

Antes, o presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, havia tentado convencer Augusto a permanecer no Brasil e até havia pedido para o técnico Rogério Ceni conversar com a promessa. No entanto, o meia não mudou a sua decisão e nesta semana foi definida a transferência para a Europa.

Além de Augusto, o São Paulo vendeu David Neres por R$ 50 milhões para o Ajax, da Holanda, e recebeu R$ 5 milhões por ser o formador de Oscar, que se transferiu do Chelsea, da Inglaterra, para o Shaghai SIPG, da China.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos