Luis Enrique e diretoria do Barcelona divergem sobre contratação de lateral

Do UOL, em São Paulo

  • Paul Gilham/Getty Images

Luis Enrique, treinador do Barcelona, entrou em queda de braço com a diretoria do próprio clube ao insistir na contratação de um lateral direito para o restante da temporada. O comandante quer uma peça de reposição para o lugar de Aleix Vidal, que sofreu grave lesão, mas os cartolas não creem ser necessário. A informação é do jornal local Mundo Deportivo.

Ainda de acordo com a publicação, o jogo deste domingo (26) do Barcelona, contra o Atlético de Madri fora de casa, será definitivo para a questão: caso vença o adversário, a diretoria considerará que o time segue firme na briga pelo título e fará o investimento. Por outra, em caso de derrota, a negociação estará descartada.

O Barça é atualmente vice-líder do Campeonato Espanhol, com 51 pontos, apenas um a menos do que o Real Madrid. O rival, no entanto, tem um jogo a menos na competição.

A diretoria do clube diz que Sergi Roberto como titular, com a improvisação de Mascherano no setor, é o suficiente para encerrar a temporada, uma vez que a sequência na Liga dos Campeões é difícil (o time perdeu por 4 a 0 para o PSG, na partida de ida das oitavas) e o Espanhol está a 14 rodadas do fim. Luis Enrique argumenta de volta com o quadro físico de Sergi Roberto, que não é dos melhores: o jogador, segundo o técnico, também está à beira de uma lesão. 

A opção de contratação do Barça para a lateral direita, aprovada por Luis Enrique, já está definida: é Juanfran, do Deportivo La Coruña. O negócio giraria em torno de R$ 19,5 milhões, e a diretoria do clube catalão avalia que o gasto seria muito grande para um jogador "tampão". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos