Sem conseguir renovar, Grêmio ameaça afastar herói da Copa do Brasil

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Pedro Rocha tirou a camisa, levou amarelo e depois foi expulso de final

    Pedro Rocha tirou a camisa, levou amarelo e depois foi expulso de final

O Grêmio chegou ao seu limite nas negociações de renovação de Pedro Rocha. Com vínculo até o fim do ano, o atacante autor de dois gols no primeiro jogo da final da Copa do Brasil do ano passado negocia a ampliação do vínculo desde o início do ano com a direção do clube, mas sem finalizar o acordo. Irritado, o comando gremista determinou que se o assunto não se resolver até o começo de março, irá afastar ele do grupo. 

Pedro está lesionado, por isso não tem atuado na equipe principal. Neste ano disputou apenas dois jogos. E de fora, acompanha ida e vindas de sua negociação de renovação. O próprio já chegou a dizer que estava tudo certo, e que assinaria logo em seguida, mas não aconteceu. 
 
Na última semana, os avanços foram significativos. O Tricolor ajustou um valor de luvas, elevou a proposta salarial e admitiu uma cláusula de bonificação para caso Pedro chegue à seleção brasileira. Contudo, não o suficiente para sacramentar o acordo. 
 
Neste sábado, antes de enfrentar o Cruzeiro-RS pelo Gauchão, a direção gremista determinou que tinha chegado a seu limite. Não esperará mais pelo acordo. Caso Pedro não assine renovação até o começo de março, terá o mesmo destino que Marcelo Hermes teve na temporada passada: será excluído do grupo principal e trabalhará separado, com a equipe de transição. 
 
Renato Gaúcho, ciente da necessidade de contar com ele, se prepara para uma conversa séria com o jogador na próxima terça-feira. Será quando o técnico da equipe espera ouvir se ele pretende ou não seguir sendo utilizado. 
 
"Eu não esquentei ainda minha cabeça porque ele estava no departamento médico e não estava apto a jogar. Depois deste jogo (sábado, contra o Cruzeiro-RS), na volta da folga do Carnaval, vou ver as reais condições dele. Se renovou ou não. É importante saber a cabeça do jogador. Na próxima terça-feira vou pensar seriamente neste assunto. O contrato dele é um problema da diretoria. Mas para eu colocar um jogador em campo, tem que estar bem de cabeça além de recuperado da lesão. Não adianta a cabeça não estar boa para jogar. Falarei com ele, uma conversa séria na próxima terça. Vou saber das condições físicas e a cabeça para entrar em campo", disse o técnico gremista. 
 
Na final da Copa do Brasil do ano passado, Pedro Rocha foi herói ao marcar duas vezes contra o Atlético-MG em Belo Horizonte. No mesmo jogo acabou expulso por comemorar o gol tirando a camisa. Assistiu do banco o jogo de volta e o título gremista. Até então, oscilava entre titular e reserva. Virou absoluto no time apenas depois daquela final. 
 
O Tricolor concedeu folga a seu elenco nos próximos dois dias. Os treinamentos serão retomados apenas na terça-feira, quando inicia a preparação para o jogo de quinta-feira pela Primeira Liga diante do Ceará e também o Gre-Nal do próximo sábado. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos