Jogador do Atlético de Madri terá de fazer serviços comunitários por briga

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Manu Fernandez

Lucas Hernández, do Atlético de Madri, terá de fazer serviços comunitários por 31 dias por conta da confusão que se envolveu com sua ex-namorada no começo de fevereiro. A ex do atleta, Amelia de la Ossa Lorente, também recebeu a mesma punição da justiça espanhola. A informação é do jornal espanhol El Confidencial.

O jogador foi acusado de agredir a então namorada quando chegava em casa após jantar com os jogadores do Atlético de Madri. A Justiça afirma, no entanto, que houve agressão mútua. Amelia, inclusive, depredou o carro do jogador na ocasião e terá de pagar pelos danos. 

A ex-namorada de Lucas Hernández foi condenada por maus tratos e o jogador, por violência de gênero. Ela ainda terá de pagar 180 euros pelo estrago que fez no carro do atleta. 

A confusão teria começado após o jogador de 20 anos chegar em casa alcoolizado. Uma discussão teve início em sua residência, no município de Las Rosas, a qual terminou com a agressão do atleta. A dupla foi levada à delegacia.

Em depoimento à Justiça, o atleta relatou ter chegado em casa tarde após um jantar com colegas de Atlético de Madri. Sua namorada o aguardava do lado de fora de casa, se aproximou do veículo de Hernández e iniciou deu início à discussão. Tentando fazê-la parar, o zagueiro alega que ela caiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos