Com 10 reforços e 14 saídas, Inter tenta apagar a 'foto' do time rebaixado

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/UOL

    Roberson e Carlos são caras novas do Internacional, junto a outros oito

    Roberson e Carlos são caras novas do Internacional, junto a outros oito

O Internacional de 2017 será totalmente diferente do de 2016. Ao menos na fotografia. Com 10 contratações ao todo (duas ainda não confirmadas e uma que só vem no segundo semestre) e 14 saídas (duas carentes de confirmação), o Colorado quer mesmo é afastar a imagem da equipe que caiu. 

São 10 novos jogadores para 2017. Os zagueiros Klaus, Neris e Cuesta - que chega a Porto Alegre para assinar contrato na quarta-feira. Os laterais Carlinhos, Uendel e Alemão. O meia-atacante Roberson e os atacantes Carlos, Marcelo Cicino - que também deve chegar até o fim da semana - e William Pottker, que se apresenta apenas depois do Campeonato Paulista. 
 
Na equipe titular há ainda a volta de D'Alessandro e a entrada de Charles, que subiu das categorias de base. Tudo para esquecer de vez o ano em que foi rebaixado pela primeira vez. 
 
"Aos poucos o time vai crescendo e vamos apagando tudo que aconteceu no ano passado. Estamos caminhando e tenho gostado muito do rendimento da equipe", disse o técnico Antonio Carlos Zago. 
 
Imaginando-se Cuesta, Pottker e Cirino no time, o Internacional deve manter apenas Danilo Fernandes, William (caso não seja vendido) e Rodrigo Dourado titulares do ano passado na equipe de cima. 
 

Sentido contrário foi mais forte

 
E não foram apenas chegadas. Enquanto 10 jogadores foram contratados, outros 14 deixaram o elenco. Duas situações ainda carecem de confirmação. A ida de Eduardo Henrique para o Atlético-PR como parte do pagamento para liberação de Marcelo Cirino, e a saída de Ariel com o Barcelona-EQU como destino. As demais, todas já sacramentadas. 
 
O goleiro Jacsson (Santa Cruz), os laterals Geferson (Vitória) e Arthur (Ponte Preta), os zagueiros Alan Costa (Vitória) e Leandro Almeida (Palmeiras), o volante Fernando Bob (Ponte Preta), os meias Alex (sem clube), Mike (América-MG) e Anderson (Coritiba), e os atacantes Aylon (Goiás), Vitinho (CSKA) e Marquinhos (Sport), completam a lista. 
 
Isso levando-se em conta apenas jogadores que participaram ativamente do elenco principal no ano passado. Atletas que retornaram de empréstimo como Taiberson, Maurides e Silva também tiveram outros destinos, mas não entraram na contagem pois não fizeram parte do grupo rebaixado. 
 

Não para por aqui

 
E engana-se quem pensa que para por aí. A direção do Internacional seguirá trabalhando para reforçar o time. É possível que mais um ou dois jogadores cheguam ainda no primeiro semestre. Depois a equipe será avaliada nas competições que disputa: Gauchão e Copa do Brasil. Dependendo do rendimento, novos movimentos podem ser feitos. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos