Árbitro brasileiro 'tirou' Mina de estreia do Palmeiras na Libertadores

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/John Vizcaino

    Mina foi expulso em seu último jogo pelo Santa Fe na Libertadores

    Mina foi expulso em seu último jogo pelo Santa Fe na Libertadores

Graças ao cartão vermelho recebido no ano passado, em partida contra o Cerro Porteño, quando ainda defendia o Independiente Santa Fe, o zagueiro Yerry Mina desfalcará o Palmeiras na estreia da Copa Libertadores da América. O primeiro jogo do atual campeão nacional está marcado para a próxima quarta-feira (8), às 21h45 (de Brasília), contra o Atlético Tucumán, na Argentina.

O lance responsável por tirar Yerry Mina da estreia palmeirense ocorreu pela última rodada da fase de grupos da edição passada da Libertadores. 

O Independiente Santa Fe acabou eliminado ao perder por 1 a 0 para o Cerro Porteño – os dois times faziam parte do grupo do Corinthians -, e o defensor acabou expulso de maneira polêmica.

Quando o relógio apontava 13min do segundo tempo, Mina subiu para uma disputa pelo alto com o atacante Guillermo Beltrán. No lance, o árbitro brasileiro Héber Roberto Lopes interpretou que o hoje zagueiro palmeirense deixou propositalmente o braço no rosto do adversário.

Héber Roberto Lopes não teve dúvida e imediatamente ergueu o cartão vermelho a Yerry Mina, que, no lance, questiona a marcação do árbitro brasileiro. Um ano depois, este lance é responsável por tirar o colombiano da esperada estreia palmeirense na competição.

Sem Yerry Mina, Edu Dracena surge como a primeira opção para Eduardo Baptista. O zagueiro veterano possui a experiência de já ter conquistado o principal torneio sul-americano: em 2011, levantou o troféu como capitão pelo Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos