CR7 marca dois e Real busca empate, mas perde ponta para o Barça

Do UOL, em São Paulo

O Real Madrid buscou empate heroico por 3 a 3, contra o Las Palmas, no Santiago Bernabéu, no fim da tarde desta quarta-feira (01), mas ainda assim perdeu a ponta do Campeonato Espanhol para o rival Barcelona. O time da capital, que saiu na frente com Isco, levou a virada com gols de Tana Domínguez, Jonathan Viera (de pênalti) e Prince Boateng. Cristiano Ronaldo, na sequência, fez dois e deixou tudo igual. 

O Real, agora com 56 pontos, cai para a segunda colocação do Espanhol. Mais cedo, o Barcelona venceu por 6 a 1 o Sporting Gijón e saltou à ponta, com 57. Vale lembrar que os merengues ainda têm um jogo a menos no campeonato e podem retomar o primeiro lugar. O Las Palmas se manteve em 12º, com 29 pontos.

A partida teve o trio de arbitragem no centro de lances decisivos: o Real Madrid teve três gols anulados, todos marcados por Álvaro Morata, Gareth Bale expulso e um pênalti contra, cometido por Sergio Ramos, que colocou as duas mãos na bola dentro da área. Por lance parecido, o Real também teve um pênalti a favor.

O próximo compromisso do Real será contra o Eibar, fora de casa, no sábado (04). O Las Palmas, por sua vez, pegará o Osasuna como mandante, no domingo. 

Toma lá, dá cá: Real abre placar e rival responde rápido

Movimentado, o primeiro tempo da partida teve ápice entre os minutos 7 e 9. O Real Madrid, que controlava as ações do jogo, inaugurou a contagem com gol de Isco, aposta de Zidane para a partida: o meia recebeu bola açucarada de Kovacevic, invadiu a área e, com toque fácil de canhota, colocou a redonda no fundo do gol. O Las Palmas não deixou barato: logo depois, com Tana Domínguez, empatou. Foi um golaço do time visitante: Domínguez recebeu, girou para cima de Sergio Ramos e enfiou o pé na bola para estufar a rede.

O pior: Gareth Bale é expulso por bobeira

Uma das principais estrelas do Real Madrid, Gareth Bale foi expulso por lance bobo. Já tinha um cartão amarelo quando, no primeiro minuto do segundo tempo, perdeu a cabeça e deu um bico em Tana Domínguez, pelas costas. O juiz não pensou duas vezes, deu outra advertência e o expulsou. Na sequência, o Las Palmas virou o confronto. Sergio Ramos, que falhou em dois dos três gols dos visitantes, também brigou pelo posto de "pior" da partida.

Vieira e Boateng viram o jogo

Na esteira da expulsão de Bale, o Las Palmas cresceu e virou o duelo em apenas três minutos. Aos 10 do segundo tempo, Sergio Ramos bloqueou com as duas mãos, dentro da área, um cruzamento do time visitante e cometeu pênalti. Jonathan Viera assumiu a responsabilidade da cobrança, bateu no meio e, apesar de a bola ter desviado nos pés do goleiro Navas, anotou o gol da virada. Aos 13, Boateng recebeu lançamento longo, limpou Navas e, com a meta aberta, só empurrou a redonda para o barbante. 

O herói: Cristiano Ronaldo decide a partida

AP Photo/Paul White

Cristiano Ronaldo não estava fazendo partida exuberante - longe disso - até os 41 minutos do segundo tempo. Era, a bem da verdade, um jogador comum em campo. Foi quando despertou e resolveu a questão. De pênalti, anotou o gol que diminuiu a diferença para 3 a 2, com cobrança firme no ângulo esquerdo da meta. Aos 43, de cabeça, após batida de escanteio pelo lado direito do ataque, deixou tudo igual e arrancou um pontinho em partida difícil. 

Morata, na banheira, prejudica o Real

REUTERS/Andrea Comas

Atacante do Real Madrid, Álvaro Morata não conseguiu ajustar posicionamento durante a partida: só no primeiro tempo, teve dois gols bem anulados por estar em posição de impedimento, na banheira. O primeiro lance ocorreu logo no minuto inicial da partida, após cruzamento de Gareth Bale – Morata, irregular, colocou para as redes. Aos 10, o espanhol tornou a balançar o barbante, mas outra vez estava à frente da zaga adversária. No segundo tempo, finalmente em boa posição, tornou a marcar - desta vez, no entanto, o impedido foi Cristiano Ronaldo, que lhe deu o passe para a finalização. Outro tento anulado. 

Jesé foi um dos destaques do jogo. Será que ele tinha razão?

Antes da partida, o atacante Jesé Rodríguez, emprestado pelo Real Madrid ao Las Palmas, afirmou – e deu mais uma mostra de sua autoestima elevada: se não fosse a lesão que lhe tirou de combate por 9 meses, seria atualmente titular dos merengues. Isso mesmo: uma das três estrelas, Cristiano Ronaldo, Benzema ou Bale, teria de abrir espaço para ele. Ele é costuma dar declarações do tipo: certa vez, disse que será o melhor do mundo em 5 anos. Fato é que Jesé foi um dos destaques do Las Palmas na partida contra seu ex-time.

Barcelona emplaca 6 e toma a ponta do Real

AP

Antes de o Real entrar em campo, o Barcelona pegou o Sporting Gijón e emplacou goleada por 6 a 1. A vitória, somada ao tropeço dos merengues, coloca o time da Catalunha na liderança do Campeonato Espanhol, com 57 pontos (contra 56). O Real, no entanto, ainda tem uma partida a menos e, em caso de vitória, pode retomar a ponta da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos