Após desabafo, Martinuccio é dispensado pela Chapecoense

Daniel Fasolin

Do UOL, em Chapecó (SC)

  • Reprodução

    Martinuccio sofreu com muitas lesões na temporada passada

    Martinuccio sofreu com muitas lesões na temporada passada

Martinuccio não é mais jogador da Chapecoense. A decisão da diretoria em dispensar o meio-campista aconteceu nesta quinta-feira (2), após um desabafo do argentino ao ficar de fora da partira contra o Atlético-MG, que terminou em um empate por 2 a 2, válido pela Primeira Liga.

"Muitos falam que estou sem vontade e isso é mentira. Nunca duvidem de mim", afirmou o jogador na manhã desta quinta, que não iniciou uma partida sequer no comando de Mancini.
 
"Para tirar dúvidas, e malas falas sobre mim (afirmações ruins sobre mim). Estou 100%, não estou machucado. São escolhas destas grandes mudanças e tenho que respeitar", completou, discurso que irritou dirigentes do clube catarinense.
 
"Conversamos com ele hoje e formalizamos a decisão de desligar o jogador do clube. Ele chegou aqui em uma condição difícil e mereceu todo respeito dos profissionais que o ajudaram nessa recuperação", disse o diretor de futebol Rui Costa.
 
"Tenho certeza que o Martinuccio que volta ao mercado está muito mais preparado agora. A decisão foi do clube, da presidência e foi tomada a partir de uma série de questões que nos avaliamos. De nossa parte fica o respeito para com o jogador e a decisão da instituição. Eu respeito o atleta e a instituição então me resguardado em revelar os motivos do desligamento. Claro que o episódio de ontem teve um peso significativo, mas eu paro por aí nesta questão", acrescentou.

Martinuccio era um dos remanescentes do elenco de 2016. O jogador não estava no acidente aéreo que vitimou a equipe em novembro porque permaneceu em Chapecó em recuperação de uma lesão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos