Arbitragem retirou gol 'redentor' de Luis Henrique no Atletiba

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em Curitiba

Já eram 42 minutos da segunda etapa e a tensão estava no ar na Arena da Baixada. Foi quando depois de uma cobrança de falta, no bate-e-rebate, Douglas Coutinho chutou em direção ao gol. A bola talvez entrasse, talvez não – dois zagueiros do Coritiba chegaram nela, dividindo com Luis Henrique. Ambos saíram comemorando, mas os microfones da transmissão dos clubes foram em Luis Henrique, que ainda aguardava que o gol fosse confirmado para ele.

"Vamos ver né. Eu completei o gol no final. Eu saí comemorando, eu quero o gol na minha conta", disse, ainda sem saber que, na súmula, o gol seria dado para Douglas Coutinho. Contratado junto ao Botafogo no início do ano, Luis Henrique já recebe críticas da torcida por conta das atuações, em especial no jogo contra o Toledo, quando perdeu pênalti batendo com cavadinha e isolou o rebote. O jogo acabou 0 a 0 na Arena da Baixada.

Comemorando o gol que a arbitragem não lhe deu, o atacante de apenas 18 anos aproveitou para falar do lance do pênalti perdido. "Quero pedir perdão para a torcida atleticana pelo que eu fiz no último jogo contra o Toledo. Não considero um ato errado, mas foi no momento errado, Mas nada como se redimir fazendo um gol né? Vamos comemorar!", argumentou, ainda sem saber que terá que marcar novamente em outro jogo um "primeiro gol" com a camisa do Atlético.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos