Fundador da Mancha é assassinado; torcida suspende atividades

Adriano Wilkson, José Edgar de Matos e Vanderlei Lima

Do UOL, em São Paulo

Moacir Bianchi, um dos fundadores da Torcida Mancha Verde, conhecida atualmente como Mancha Alviverde, morreu nesta quinta-feira. Segundo a Polícia Civil, ele foi assassinado e seu carro foi encontrado com muitas perfurações a bala. 

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o delegado responsável pela investigação do caso, Nilton Montoro, relatou que a Polícia encontrou 16 balas no local do crime; Bianchi possuía 22 ferimentos espalhados por braços, pernas, rosto e tronco.

Nesta sexta-feira, as autoridades devem soltar imagens sobre o assassinato do fundador da Mancha. Dois carros, ainda não identificados, são suspeitos de cercarem Bianchi antes do crime.

De luto, a agremiação, que é a principal torcida organizada do Palmeiras, resolveu encerrar as atividades por tempo indeterminado.

"Moacir fez da Mancha Verde sua vida", escreveu a torcida em um comunicado. "Informamos também que em meio a diversos problemas que a torcida vem passando, e em cima dessa notícia de uma morte que deixou todos nós da torcida completamente abalados, comunicamos a todos os associados que a torcida Mancha Alviverde após 34 anos de fundação está encerrando suas atividades por tempo indeterminado".

Bianchi era considerado uma figura importante na agremiação, e em suas redes sociais sempre postava fotos ao lado dos atuais integrantes, tanto da torcida quanto da escola de samba, de cuja diretoria ele fazia parte. Bianchi participou ativamente do carnaval de 2017 e inclusive estava no Anhembi durante a apuração dos desfiles na última terça-feira.

Em contato com a reportagem, a escola de samba disse que continuará com suas atividades normais, independente da decisão da torcida organizada de fechar as portas.

Edison Timoteo/Futura Press/Estadão Conteúdo
Carro de Moacir Bianchi após o assassinato do fundador da Mancha

Bianchi é o segundo fundador da Mancha que morre assinado. Seu grande amigo Cléo Sóstenes já havia sido morto em 1988, a tiros.

Bianchi, que também atuava como empresário, dizia que fundou a torcida, no início dos anos 80, para fazer os palmeirenses serem respeitados na arquibancada. Ele nunca negou o envolvimento em brigas, mas dizia que naquela época não havia "covardia" e os torcedores se enfrentavam sem armas de fogo, apenas para extravasar a rebeldia adolescente. 

No último dia 11 de janeiro, ele publicou a seguinte mensagem em homenagem ao aniversário de 34 anos da torcida. "Pensar que ia fazer 15 anos quando eu e mais alguns amigos resolvemos fundar essa torcida. Olha o tamanho e proporções que ela se tornou. [É] gratificante ver isso. Parabéns a todos que estiveram a frente dessa entidade nessas quase 4 décadas."

Ainda não se sabe se a morte de Bianchi tem relação com a violência entre organizadas. Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, está investigando o caso.

Procurados pela reportagem, diversos integrantes da Mancha se disseram muito abalados e preferiam não comentar a morte.

Confira a nota oficial publicada pela Mancha Alviverde em sua página no Facebook:

"LUTO.

Hoje recebemos a triste noticia que nosso fundador e ex-presidente Moacir Bianchi, foi encontrado morto.

Não temos palavras para descrever o que sentimos nesse momento. 
Uma pessoa que tanto lutou para que a Mancha Verde pudesse se tornar uma grande torcida, e para que a torcida do Palmeiras fosse respeitada. Moacir fez da Mancha Verde a sua vida.

Seu nome está escrito em nossa historia e jamais será apagado.

Que Deus possa confortar toda sua familia e receba nosso fundador em um bom lugar.

LUTO - MOACIR BIANCHI

Informamos tambem que em meio a diversos problemas que a torcida vem passando, e em cima dessa noticia de uma morte que deixou todos nós da torcida completamente abalados, comunicamos a todos os associados que a torcida Mancha Alviverde após 34 anos de fundação está encerrando suas atividades por tempo indeterminado.

Obrigado a todos que até aqui ajudaram a construir o nome da Mancha Verde."

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos