Governo argentino paga R$ 71 milhões para encerrar projeto de futebol

Do UOL, em São Paulo

  • Victor R. Caivano/AP

    Verba indenizatória de Governo será utilizada para pagar dívidas com clubes

    Verba indenizatória de Governo será utilizada para pagar dívidas com clubes

O Governo da Argentina oficializou nesta quinta-feira a aprovação do pagamento de 350 milhões de pesos (R$ 71 milhões) a título de encerramento do "Futebol Para Todos", programa estatal criado pela ex-presidente Cristina Kirchner, em 2009.

O valor se refere à indenização pelo fim do programa e será utilizado integralmente para quitar dívidas da Federação Argentina de Futebol com clubes.

"[O aporte] Resultará de vital importância para retomada de torneio, de aspectos sociais, econômicos e financeiros na gestão de associações que integram a AFA", apresenta o acordo firmado entre Governo e AFA.

Devido à crise no futebol argentino, os principais torneios da Argentina estão em greve. Sem repasse da

O reinício da competição, que teve 14 rodadas disputadas até dezembro o ano passado, ainda não está definido. A previsão era que a bola rolasse nesta sexta-feira, no entanto, o sindicato local de jogadores convocou greve, devido os atrasos de salários em diversos clubes.

O Futebol Para Todos atuava no financiamento de futebol pelo poder público, tendo, entre outras funções, transmitir jogos na TV e patrocinar clubes.

O corte do subsídio aos times já fazia parte dos planos do presidente Mauricio Macri. Times argentinos reclamaram por não ter mais uma receita assegurada.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos