Real empresta jovem, mas obriga time holandês a usá-lo nos 90 min

Do UOL, em São Paulo

  • Jon Olav Nesvold/Reuters

    Odegaard foi contratado pelo Real em 2015, mas foi pouco aproveitado

    Odegaard foi contratado pelo Real em 2015, mas foi pouco aproveitado

O Real Madrid colocou em contrato uma condição especial para emprestar o atacante Martin Odegaard para o Heereveen, em transação feita em janeiro. Segundo o jornal El Confidencial, o time holandês será obrigado a utilizar o atleta norueguês nos 90 min e mais acréscimos dos jogos.

Caso Odegaard seja retirado de campo, o clube da Holanda será punido com 40 mil euros (R$ 132 mil) por partida.

A curiosa cláusula registrada é uma maneira do Real assegurar que Odeegaard vai, enfim, jogar. 

Contratado pelo Real em 2015 como grande promessa do futebol mundial, Odegaard desapontou. Na época ele tinha 16 anos. O jovem amargou a reserva por longo período e reclamou de ter sido pouco aproveitado. Sem espaço, o norueguês foi para o time B do Real. O acordo de empréstimo com o Heereveen vai até o fim da temporada europeia de 2017.

Revelado pelo modesto Stromsgodset (Noruega), Martin Odegaard foi contratado pelo Real Madrid em 2015 após disputa com clubes como Manchester United, Bayern de Munique e Liverpool. Em 2014, aos 15 anos, fez sua estreia pela seleção principal da Noruega.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos