Vestibular do Ceni! Quatro jogadores disputam última vaga do SP no Paulista

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/SPFC.net

    Lyanco disputa uma vaga entre os inscritos no Paulistão

    Lyanco disputa uma vaga entre os inscritos no Paulistão

O dia é de decisão no São Paulo. Nesta sexta-feira, o técnico Rogério Ceni deve entregar a lista completa de atletas inscritos para o Campeonato Paulista. O ex-goleiro poderá incluir um nome na relação de 28 jogadores para a disputa da primeira fase da competição.

No elenco tricolor, quatro jogadores aparecem na batalha por um lugar na equipe. O zagueiro Lyanco, o volante Wellington, o lateral direito Foguete e o polivalente Caíque são os candidatos para ter uma oportunidade no time são-paulino.

Apesar de não ser tão experiente, Caíque, de 18 anos, tem boas chances de ser o escolhido. Além de jogar como meia-atacante, ele também pode atuar na lateral esquerda, posição em que Rogério Ceni conta apenas com Júnior Tavares em seu atual elenco.

Por sua vez, Lyanco, de 20 anos, é considerado uma das principais esperanças do clube. Porém, o treinador já tem à disposição para a zaga Maicon, Rodrigo Caio, Douglas, Breno, Lugano e Lucão - sendo o setor mais bem servido do elenco.

Wellington tem a experiência ao seu lado. Aos 26 anos, ele já disputou 165 partidas com a camisa Tricolor. Porém, ele tenta recuperar o seu espaço após cirurgia no joelho direito e ficou perto de ser negociado com o Sport.

Foguete corre por fora na disputa. Outra aposta da base tricolor, o lateral direito, de 21 anos, tem a dura missão de disputar vaga com Buffarini e Bruno. Ele fez a sua estreia no profissional neste ano, na partida contra o River Plate, pela Florida Cup, nos Estados Unidos.

O São Paulo adotou uma estratégia eficiente para definir o seu elenco no Paulistão. A primeira relação entregue em 2 de fevereiro tinha apenas 23 nomes. Jogadores que estavam lesionados como o meia Lucas Fernandes e o goleiro Renan Ribeiro nem sequer tinham sido inscritos. A diretoria e a comissão técnica preferiram esperar o desenrolar das contratações, como a de Lucas Pratto, e o parecer do departamento médico para fechar a lista. Por isso, o clube não passou por aperto, como o Palmeiras que só pôde relacionar o recém-contratado Borja por conta da lesão de Moisés.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos